24/11/2012 10:14

Alicia Keys lança novo álbum "Girl on Fire"

Novo álbum da cantora Alicia Keys estará à venda em todas as lojas do Brasil em breve

Rynaldo Papoy
OsPaparazzi
O álbum "Girl on Fire", da cantora Alicia Keys, a ser lançado nos EUA, já arrebenta com a foto desta mais gata cantora de r & b dos EUA e que também tem a voz mais deliciosa. Ah, quem não queria sofrer pela Alicia Keys? É seu quinto álbum de estúdio e o mais romântico de todos, celebrando sua nova vida familiar.

Alicia Keys
Alicia Keys lança seu novo disco "Girl on Fire"

O novo disco de Alicia Keys começa com o adágio ao piano "De Novo". "De novo"? Em português mesmo? A segunda canção, "Brand new me", é bem romântica, mas logo ela está sussurando em nossos ouvidos. Lembra trilha de superproduções de Hollywood. "Listen to your heart" é totalmente lounge, no melhor sentido da palavra. A faixa te conduz aos melhores ambientes que podem existir no mundo. "Girl on fire", que já havia sido lançada em single, é "A" balada do álbum. Para detonar mesmo. Só esta faixa já vale o disco. Quer apostar que "Tears Always Win" vai ser remixada por algum grande dj e se tornar um grande som de balada também? As outras faixas do álbum são o mais puro romantismo.

O que é legal em Alicia Keys é que ela canta meio "bossa nova", sem aquelas hecatombes whitney-houstônicas que é tão comum nas cantoras de rhythm & blues com origem gospel (estilo chamado no Brasil apenas como "black"). Seu novo álbum é uma homenagem a sua família. Agora Alicia Keys está casada e com filho e resolveu transmitir isto em seu novo trabalho.

Mas quem é Alicia Keys?
Novaiorquina de 31 anos, pianista clássica, filha de jamaicano que abandonou a família quando ela estava com dois anos. Alicia surge para o mundo em 1997, como parte da trilha sonora do filme "Homens de Preto", com a canção "Dah Dee Dah (Sexy Thing)", uma sonzeira da pesada, daquelas que dá vontade de ouvir o dia inteiro. Ainda participou de mais duas trilhas, com as espetaculares "Rear View Mirror", que também são bem agitadas (trilha do filme "Shaft") e a magnífica e setentista "Rock With You", de "Dr. Dolittle 2", que nos remete a Isaac Hayes, com uma das melhores linhas de contra-baixo da história. Aliás, a base deste som é devastadora. Deve ser um dos melhores "r & b" de todos os tempos.

O primeiro álbum de Alicia Keys sai enfim em 2001. Vendeu 236 mil cópias na primeira semana. "A Woman's Worth", uma delícia de som para tocar nas melhores pistas de dança. Sempre muito ousada, Alicia lançou um segundo álbum só com remixes e acústicos do primeiro. Nesta mesma época, Alicia participou do álbum da cantora Eve, no dueto "Gangsta Lovin". Uma atitude muito comum no r & b e rap americanos. Este rap fez bastante sucesso. Uma reedição de "Songs in A Minor", lançada no ano passado, contém ainda mais faixas inéditas.

Alicia Keys
Alicia Keys em show no Essence Festival, em Nova Orleans

O segundo álbum de músicas inéditas foi "The Diary of Alicia Keys". Este é um dos melhores álbuns de "música negra" de todos os tempos, tendo vendido 800 mil cópias na primeira semana. "You Don't Know My Name" é uma espécie de patrimônio da música americana. Não existe canção melhor em toda a carreira de Alicia Keys. Você pode colocar esta música para tocar no dia do seu casamento. O som teve um dedo do rapper Kanye West.

No Brasil, Alicia Keys ganhou o super estrelato com "No One", do seu quarto álbum. Este vídeo, muito bem feito, apresentando uma Alicia Keys lindíssima e irresistível, foi repetido com muita frequência na tv brasileira. A canção tocou em todas as festas e todas as baladas. No Youtube, o video já ultrapassou 132 milhões de exibições. Em 2007 foi "O" ano do "r & b". Só se falou nisto, no mundo. "Empire State of Mind", com Jay-Z, dispensa comentários. Jay-Z destroi seu rap em homenagem a Nova York, em cima de uma violentíssima batida, após o que, Alicia Keys canta:

"In New York,
Concrete jungle where dreams are made of,
There's nothing you can't do,
Now you're in New York,
These streets will make you feel brand new,
Big lights will inspire you,
Let's hear it for New York, New York, New York"

Foi a maior bola-dentro da carreira de Jay-Z. Durante a Copa da África do Sul, Alicia Keys e o rapper americano de ascendência somali Swizz Beatz casaram-se, numa cerimônia zulu, e tiveram um filho, que batizaram Egypt Daoud Ibarr Dean.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.