08/10/2019 11:55

Andrea Sorvetão faz resumo da carreira ao Papa

Veja entrevista exclusiva com Andrea Sorvetão e conheça sua biografia completa

Ana Carolina
Os Paparazzi
Por onde anda a Andrea Sorvetão? Exatamente por aqui, com os Paparazzi. Quem se lembra das Paquitas de Xuxa Meneghel logo se lembra da carioca Andreia Maria da Silva Faria Antunes, a Andrea Sorvetão. A seguir destacamos os principais trechos de uma entrevista exclusiva do Paparazzi com Andrea Sorvetão. A estrela faz um resumo da carreira. E relembra os principais momentos de sua biografia. Também tem muito assunto sobre futuro. O maior sonho da atriz, dançarina e empresária é se consolidar como apresentadora de televisão para o seu público. Atualmente Andrea investe em conteúdo exclusivo para seu canal no YouTube e também em suas redes sociais.

Na entrevista tem curiosidades sobre o casamento de Andrea Sorvertão e Conrado. Qual é o segredo do casamento dos pombinhos? Como foi a participação de Andrea Sorvertão e Conrado em um reality show para casais? Como surgiu o apelido Sorvertão? Acompanhe a seguir neste bate-papo especial.

Andrea Sorvertão Paquita
Andrea Sorvertão em entrevista

Entrevista: a carreira de Andrea Sorvetão


Paparazzi - Primeiramente é um prazer poder bater esse papo com você. Devo perguntar como prefere que te chame Andrea, Sorvetão ou Andrea Sorvetão?

Andrea Sorvetão - Prazer também queridos, deixo vocês à vontade para escolher.

Paparazzi - Você começou sua carreira ainda criança realizando alguns trabalhos publicitários e também fez uma participação na novela Dona Beija. Como você descobriu que queria ser artista e qual a participação da sua família na realização desse sonho?

Andrea Sorvetão - Exatamente , comecei com publicidade. Na realidade tudo começou com minha paixão pela televisão. Eu assistia muito TV porque era o maior entretenimento que tinha na nossa época, enquanto minha mãe arrumava a casa, fazia almoço eu estava assistindo TV e eu falava pra ela que eu queria ir pra dentro da televisão. Eu lembro perfeitamente, lembro exatamente o tipo da TV (risos). E eu falava que queria ir porque tinham os programas infantis, tinha o Bozo, depois veio o Silvio Santos, era bem no começo do SBT. Um belo dia foram gravar a novela Ciranda de Pedra na minha rua em Santa Tereza, e eu nunca fui de ficar indo pra rua pra brincar porque não tinha isso ali na minha área. E nesse dia que foram gravar na minha rua a novela e o meu irmão do meio chegou da escola e contou pra nossa mãe que estavam gravando. Ele desceu comigo para assistir. Nisso o Herval Rossano, diretor da novela, me viu e disse que eu era linda e me convidou para fazer uma participação. Meu irmão foi chamar a minha mãe que conversou com a produção e ali começou na realidade o momento em que eu entrei para a televisão. Minha mãe não tinha noção de como tinha que fazer, não era uma coisa tão divulgada como é hoje, então minha mãe me levou para fazer fotos para levar nas agências e foi aí que comecei na publicidade. Fiz muitos trabalhos, depois participei de Dona Beija, fiz outros trabalhos até que entrei para o Programa da Xuxa.

Paparazzi - Você foi a segunda Paquita da Xuxa e recebeu o apelido de Xiquita Sorvetão. Sabemos que era a própria Xuxa que escolhia os apelidos de suas paquitas, como ela chegou ao seu?

Andrea Sorvertão Paquita
Andrea Sorvertão Paquita

Andrea Sorvetão - Sim, era ela quem escolhia. Na realidade assim que eu fui fazer minha entrevista de emprego, na época não era teste era uma entrevista de emprego... quando eu entrei a Xuxa já lembrou de mim porque eu já havia ido brincar no Clube da Criança. Quando a Xuxa estava mudando para a Rede Globo, a Marlene Mattos pediu para uma agência uma menina entre 12 e 14 anos, loirinha de olho claro que se parecesse com a Xuxa. E essa agência deu o meu telefone. Então quando fui fazer a entrevista de emprego a Xuxa lembrou de mim. Aí ela já pegou minha mão e disse para a Marlene que eu já tinha ido ao programa. A Marlene então perguntou se eu gostava de criança, de dançar e da Xuxa e foi essa a entrevista de emprego (risos). Aí ali elas já me falaram que eu já era a segunda paquita, então ficou como Paquita II primeiro. E eu já fiquei com elas enquanto minha mãe resolvia as coisas do contrato. Naquela hora a Xuxa disse que eu tinha cara de Xiquita, que eu não seria a Paquita II, seria a Xiquita, aí depois que veio o Sorvetão.

Paparazzi - Trabalhar ao lado da rainha dos baixinhos e integrar o seleto grupo de Paquitas: eram sonhos de mais de 90% das meninas daquela geração. Conta pra gente um pouquinho de como foi essa experiência e o que te agregou como profissional e ser humano?

Andrea Sorvetão - Como eu fui uma das primeiras eu não tinha noção da onde ia chegar esse sucesso “Paquitas”, que as meninas da época iam querer tanto ser a gente, e isso foi impressionante. Foi uma realização profissional muito grande, onde aprendi uma disciplina muito forte, aprendi a respeitar todos que trabalhavam, sabendo que cada um era uma peça do quebra-cabeça que tem que ser muito bem montado para ir ao ar, e foi uma alegria muito grande fazer parte desse quebra cabeças que era o Xou da Xuxa e uma parte muito importante na qual fez muitas meninas sonharem em ser. E eu não tinha essa noção da força que era “As Paquitas” depois que a gente e claro depois do amadurecimento da gente é que fica mais forte o carinho que os fãs sempre tiveram por nós e mantêm isso vivo. Isso é maravilho e só agregou na minha vida. Eu tenho o maior orgulho, até porque meu nome artístico veio de lá, tanto que quando fui trabalhar com Os Trapalhões nós tentamos tirar e manter o Andrea Faria, mas o público não deixou, diziam que era Sorvetão e pronto. É tão difícil a gente conseguir fazer um nome forte, né? Com tanta credibilidade e força que eu deixei o Sorvetão, só faltou colocar na minha certidão de nascimento (risos). Na minha vida pessoal agregou muito também, mas não era muito diferente o profissional do pessoal, pra mim era e é tudo muito normal e natural. Tanto que meus amigos sempre sentiram orgulho e procuravam marcar as coisas de acordo com as minhas possibilidades, então eles viveram tudo isso comigo, marcavam as festas de aniversário deles em datas que eu pudesse comparecer, minha escola também me ajudou muito, tanto que não perdi nenhum ano letivo. Tudo foi muito leve e isso agregou muito na minha vida. Eu só tenho recordações maravilhosas tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Andrea Sorvertão Paquita
Andrea Sorvertão

Paparazzi - Ser paquita também te abriu novas portas, como por exemplo, trabalhar no humorístico Os Trapalhões. Como foi pra você trabalhar com tantos ícones como Xuxa Meneghel, Renato Aragão, Dedé Santana, Zacarias e Mussum?

Andrea Sorvetão - Foi maravilhoso, aquelas pessoas que eu via na TV e de repente eu estava perto de todas elas. E logo que eu saí do grupo de Paquitas eu fui um pouco disputada. O Faustão (Fausto Silva) queria que eu fosse para o programa dele, o convite dos Trapalhões, convite de novela, e eu tive que fazer uma escolha. E eu optei por fazer Os Trapalhões porque eu estaria atuando, tinha comédia e porque eu ainda estaria trabalhando com crianças. Mas foi uma escolha que eu tive que fazer com uma dor no coração, porque se eu pudesse faria as três coisas ao mesmo tempo. Eu sou muito televisiva e qualquer coisa na tv eu faço com o maior prazer do mundo. Trabalhar com os Trapalhões foi uma alegria muito grande, onde eu aprendi demais porque trabalhar com humor é difícil. E fazer com eles era mais difícil ainda. Tinha muita improvisação então eu tinha que estar atenta ao texto, não perder o timing , foi um aprendizado surreal. Ter tido a oportunidade de fazer filme com eles também foi maravilhoso. A única coisa que eu sinto muito é por ter visto Os Trapalhões acabar com a morte do Mussum. Ele levou o nome Os Trapalhões com ele porque acabou realmente no momento em que ele foi acolhido por Deus e isso eu realmente sinto muito, mas foi um orgulho muito grande e um prazer sem tamanho.

Andrea Sorvertão Paquita
Andrea Sorvertão

Paparazzi - O Xou da Xuxa também te apresentou o amor da sua vida, Conrado, o que passa na sua cabeça ao lembrar-se dessa linda trajetória do amor de vocês e qual a fórmula para um casamento tão sólido?

Muitos fãs perguntas sobre Andreia Sorvetão Conrado, Andréia Sorvetão hoje, Andreia Sorvetão e Conrado, casamento de Andreia Sorvetão e Conrado. Aqui abaixo a explicação sobre o casamento dos pombinhos.

Andrea Sorvetão - Pois é, e eu fico tão feliz com isso porque eu vejo que eu não precisei procurar tanto e Deus já foi tão bondoso comigo em colocar o amor da minha vida no mesmo espaço em que eu vivia. A gente não sabia quanto tempo iria durar, mas que mesmo sendo um amor de adolescente a gente se viu realmente no amor verdadeiro. Nós estamos fazendo 30 anos de namoro (risos) em dezembro de 2019. Completamos 25 anos de casados e parece que foi ontem. Passamos por muitos altos e baixos porque nós crescemos e amadurecemos juntos, e eu sou muito grata a Deus por isso. Não sei falar a fórmula, mas o respeito mútuo, a química forte, mas não tem fórmula tem o querer fazer dar certo, o querer formar uma família e seguir juntos.

Paparazzi - Você teve a oportunidade de apresentar alguns programas na TV brasileira. Tem vontade de voltar a apresentar? Qual formato acha que se encaixaria melhor ao seu perfil?

Andrea Sorvetão - Apresentar programa na televisão eu posso dizer que é a minha realização total profissional. Hoje eu gostaria de apresentar um programa mais feminino, falar de igual para igual com a galera que me acompanhou e cresceu comigo, poder ter essa troca com eles que hoje tem a partir de 35 anos e é o meu público mais forte. Eu já faço um pouco isso no meu canal no YouTube, vou começar a fazer mais forte isso agora, mas estou me adaptando ainda com a internet. Porque tem que dar informação todo dia, o tempo todo e confesso que acho isso cansativo e é muito diferente da TV. E eu não tenho só isso, tenho as minhas meninas pra direcionar, tenho a minha casa, meu marido, é muita coisa pra pensar. Mas hoje eu gostaria, sim, de ter um programa feminino direcionado, e qualquer coisa que pensarem em mim que for relacionado à televisão eu vou estar sempre à disposição.

Paparazzi – Falando um pouco sobre realitys, você participou de A Fazenda em 2014 e do Power Couple Brasil junto com o Conrado em 2016. Colocando na balança, quais os pontos positivos e negativos de estar em um confinamento sendo monitorada 24 horas por dia?

Andrea Sorvetão - Na Fazenda eu gosto de pensar como ponto positivo que eu estava novamente todo dia na TV, de poder mostrar como eu sou, como eu levo a vida. E o ponto negativo com certeza é a falta da família. A Fazenda não tem nem comparação com o Power Couple. Quando nós participamos do Power, nós gravamos tudo em um mês, passava só uma vez por semana e reprisava aos sábados. Então a gente viu o programa aqui de fora. Hoje em dia mudou o Power com o Gugu Liberato. E realmente está sendo um confinamento real que eu adoraria fazer, ainda mais com o Gugu apresentando eu realmente amaria participar novamente. Mas por conta da nossa rotina eu acho que nem conseguiríamos mais fazer. O problema maior desses confinamentos é quando a gente sai, porque saímos da nossa rotina, da nossa vida e é muito louco isso. Muitos participantes precisam de acompanhamento psicológico depois, porque ficamos muito aéreos. No confinamento não tem muito problema, mas quando a gente sai tem um monte deles pra gente resolver da nossa vida e isso atrapalha um pouco a mente. E se não tiver uma base familiar, uma força em Deus e foco... a gente realmente fica muito mal, eu agradeço demais minha família, meu marido e minhas filhas que são essenciais para mim.

Andrea Sorvertão Paquita
Andrea Sorvertão

Paparazzi - Pela segunda vez você é jurada do Canta Comigo da TV Record. Conta um pouco pra gente como é o desafio de “julgar” o sonho de outra pessoa? Sabemos que você é mais emoção do que razão deixar o coração falar mais alto é uma tática?

Andrea Sorvetão - É muito, muito difícil julgar alguém, ainda mais quando ele está ali atrás de um sonho, seja ele cantar ou não, porque tem muitos candidatos que têm outra profissão e cantar é um passatempo. O Canta Comigo é especial. O Gugu fala que é o xodó dele, e vou falar que de todos os realitys é um grande xodó pra mim também. Porque além de estar ali trocando muitas experiências maravilhosas, têm pessoas incríveis ali no painel, que de alguma forma tem a ver com a arte musica. Inclusive eu entrevistei todos os jurados e vou subir as entrevistas no meu canal, essa semana já deve ir ao ar o primeiro. Eu estou ali porque Paquitas foi um estouro, eu me considero uma pessoa afinada, mas não me considero uma cantora, quem canta realmente aqui em casa é o Conrado. E, sim, eu vou pela emoção total, algo me puxa seja uma memória afetiva de uma música, ou a interpretação, ou realmente é a potência vocal, mas com certeza eu levanto porque faz meu cabelo arrepiar, e quando eu não levanto eu fico tão arrasada, fico muito triste e não gosto nem de comentar. Fico torcendo pro Gugu não me chamar quando eu não levanto, porque eu levanto pra quase todo mundo, mas se por algum motivo o candidato não consegue me fazer levantar...ai, que dor no coração.

Paparazzi - E os projetos futuros, pode nos adiantar alguma coisa? O que o público pode esperar?

Andrea Sorvetão - Eu acho tão legal o meu público, eu procuro sempre estar próxima dos meus fãs, adoro ter esse contato e procuro retribuir sempre que posso, a internet é maravilhosa para isso. Eu vejo o quanto eles querem me ver sempre, então eu tento fazer o máximo de stories, tento ter o maior contato com eles, e é legal que quando eu estou na tv eles ficam ainda mais felizes e me pedem sempre pra voltar. Mas não sou eu que quero ficar fora (risos), muitas coisas mudaram, hoje a galera da tv procura colocar quem tá fazendo mais sucesso na internet, mas eu sei que a minha oportunidade de ter um programa feminino vai aparecer. Enquanto isso a galera pode continuar me vendo no meu canal, no Instagram que é onde eu mais atuo e no Facebook também na minha fã page. Na tv tem duas opções que já me procuraram, não é em relação ao programa, mas algo para eu participar, vamos ver se vai rolar, ainda estou aguardando concretizar.

Paparazzi - Agradecemos imensamente por sua disponibilidade em atender OsPaparazzi. Deixe um recado para os seus fãs!

Andrea Sorvetão - Eu que agradeço pelo carinho e respeito. Eu quero deixar aqui meu imenso amor pelo meus fãs, pela galera que me acompanha e saibam que eu tento retribuir ao máximo para vocês e peço que quando vocês forem orar, rezar, isso independe da religião, que vocês peçam por mim e por minha família. Deus abençoe a cada um de vocês, Beijos!

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.