25/04/2015 16:47

Aniversário Globo tem Jornal Nacional histórico

Cid Moreira, Sérgio Chapelin, William Bonner e Vasconcellos encerram telejornal emocionante

Da Redação
Os Paparazzi
O Jornal Nacional deste dia 24 de abril de 2015 foi histórico. Em comemoração ao aniversário de 50 anos da TV Globo, o principal telejornal da emissora e do Brasil, o Jornal Nacional, contou com quatro apresentadores pela primeira vez: Cid Moreira, Sérgio Chapelin, William Bonner e Renata Vasconcellos deram o tradicional "boa noite" da bancada do JN. E emocionaram os telespectadores do início ao fim. OsPaparazzi relembra abaixo os principais comentários sobre o especial do Jornal Nacional, os destaques do Globo Repórter e o clima de comemoração da emissora.

Jornal Nacional aniversário Globo Cid Moreira, Sérgio Chapelin, William Bonner e Renata Vasconcellos
Jornal Nacional com Cid Moreira, Sérgio Chapelin, William Bonner e Renata Vasconcellos

"Cid Moreira dando boa noite de novo no Jornal Nacional. Que emocionante. A história da televisão brasileira. Foi o momento mais marcante do aniversário de 50 anos da TV Globo", escreveu o crítico de televisão Celso de Menezes. Nos corredores do Jornal Nacional, lágrimas rolaram entre produtores e diretores da atração. "O Sérgio Chapelin estava emocionado, o Cid Moreira, todos. Pensei que o William Bonner fosse não aguentar e soltar lágrimas como daquela vez da edição do adeus de Roberto Marinho", contou um dos produtores em entrevista. E acrescentou: "Jornalistas do Brasil inteiro se emocionaram. Os sonhos da faculdade voltaram à tona. O sonho de mudar o Brasil, de trabalhar com jornalismo com dignidade, ética, honestidade. Galvão Bueno, Ilze Scamparini, Luís Fernando Silva Pinto, Pedro Bial, Gerson Camarotti, Renato Machado, Caco Barcellos, Sandra Passarinho, entre outras estrelas participaram da bancada com seus comentários e suas lembranças das reportagens históricas.

A ausência na bancada desse momento marcante foi a da esposa de William Bonner, Fátima Bernardes, que deixou o jornalismo para seguir carreira no entretenimento da Rede Globo, comandando o Encontro com Fátima Bernardes (relembre por que Fátima Bernardes deixou o jornalismo). E uma ausência que ganha destaque nas redes sociais é a da jornalista Valéria Monteiro. Não sabe quem é Valéria Monteiro?

Ela foi a primeira mulher a apresentar o Jornal Nacional. Nas redes sociais, a repórter se manifestou em tom de crítica à Rede Globo."Interessante que não me incluam em livro e comemorações do JN, tendo sido a primeira mulher a apresentar o jornal da noite, antes um bastião masculino na Globo. Mesmo tendo sido por um ano, aos sábados, como na época foi acordado para a transição para a modernidade, em que a mulher participava finalmente de todos os âmbitos da programação jornalística, é uma gafe, me parece que há uma vontade de se reescrever a história. Depois ficam chateados com a suspeita da população quanto à credibilidade do jornalismo da empresa. Por que você acha que isso acontece?", questionou a jornalista, que ganhou apoio de internautas, com os dizeres "o povo não é bobo, abaixo à Rede Globo" e também lembrando do militante do Tá no Ar, de Marcelo Adnet.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.