18/12/2013 10:43

Beatles: músicas inéditas são lançadas no iTunes

Gravadora protege direitos autorais e lança novas músicas dos Beatles

Da Redação
OsPaparazzi
Algumas gravações inéditas dos Beatles foi lançada no iTunes e se tratando de uma das bandas mais famosas do mundo, as gravadoras querem lucrar o máximo possível. Prestes a completar 50 anos, as obras dos Beatles se tornariam domínio público, mas com uma estratégia da gravadora de relançar 'algo novo' da banda fez com que as canções continuassem com direitos autorais.

Beatles
Gravadora lança músicas inéditas dos The Beatles no iTunes

A loja virtual iTunes disponibilizou 59 músicas dos Beatles nesta terça-feira, mas o fato de a gravadora ter agido contra o domínio público das obras não agradou alguns fãs. De acordo com as leis da União Europeia sobre direitos autorais, ela protege por 70 anos algo que tenha sido lançado oficialmente, e 50 anos se não houver esse lançamento, como o caso do Beatles.

Assim que o material foi lançado publicamente, logo em seguida ele foi removido de alguns países, tornando mais evidente que a gravadora agiu com fito nos direitos autorais. No iTunes britânico as músicas ficaram disponíveis no mesmo dia e de acordo com a BBC, ficarão "por tempo indefinido". Recentemente, Paul McCartney lançou a música New.

Quem for conferir os clássicos dos Beatles no iTunes, irá encontrar algumas versões de músicas como "She Loves You", "From Me To You" e "Roll Over Beethoven", e também obras realizadas nos estúdios BBC. Três opções de "There's a Place", alem da versão acústica de "Bad to Me", de Paul McCartney e John Lennon, e "I'm in Love", com Lennon no piano.

Tudo que envolve os Beatles é de carater valioso, um ocumento escolar de John Lennon foi a leilão, alem da clássica foto do álbum Abbey Road. Ainda este ano, Paul McCartney fez um clipe em que aparece vários famosos, entre eles Johnny Depp e Meryl Streep.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.