12/01/2015 09:54

Conheça os vencedores do Globo de Ouro 2015

Filme "Boyhood: Da infância à juventude" é o grande vencedor do Globo de Ouro 2015

Da Redação
Os Paparazzi
O filme "Boyhood: Da infância à juventude" foi o grande vencedor do Globo de Ouro 2015, em cerimônia do cinema realizada na noite deste domingo, 11, em Los Angeles, nos Estados Unidos. OsPaparazzi mostra abaixo a lista completa com os vencedores do Globo de Ouro 2015. O diretor de Boyhood, Richard Linklater, era um dos mais emocionados na premiação. Você sabia que o filme dele demorou 12 anos para ser gravado e trata-se de um recorde na história de Hollywood? Richard Linklater acompanhou toda a infância e parte da adolescência do ator Ellar Coltrane, que interpreta o garoto Mason no filme. O longa-metragem mostra a passagem do tempo em nossas vidas. Pura poesia. "Este filme é muito pessoal para mim. Significa muito que as pessoas o tenham visto e respondido de uma forma muito pessoal", comemorou Linklater após receber o troféu de Melhor Diretor no Globo de Ouro.

Mensagens sobre a liberdade de expressão também ganharam destaque na festa do cinema, devido aos acontecimentos em Paris, na França. Astros e estrelas destacaram a mensagem "Je suis Charlie". O tapete vermelho ainda registrou uma barriga de Jennifer Aniston (está grávida?) e o talento de Matt Bomer, que levou o prêmio de melhor ator coadjuvante em série, por "The normal heart". Vamos abaixo à lista dos vencedores do Globo de Ouro 2015 (relembre os vencedores do Globo de Ouro 2014):

Richard Linklater Boyhood Globo de Ouro 2015
Richard Linklater, diretor de Boyhood, exibe troféu do Globo de Ouro 2015

Lista completa com os premiados

O troféu melhor filme (drama) foi para: Boyhood - Da Infância à Juventude. Também foram indicados "Foxcatcher", "O jogo da imitação", "Selma" e "A teoria de tudo".

O troféu melhor diretor foi para Richard Linklater, do filme Boyhood. Concorreram ao prêmio de melhor diretor no Globo de Ouro 2015 os seguintes nomes: Wes Anderson ("O grande hotel Budapeste"), Ava Duvernay ("Selma"), David Fincher ("Garota exemplar") e Alejandro González Iñárritu ("Birdman").

O prêmio de melhor ator (drama) foi para Eddie Redmayne, com o longa-metragem "A teoria de tudo". Concorreram ao prêmio de melhor ator: Steve Carell ("Foxcatcher"), Benedict Cumberbatch ("O jogo da imitação"), Jake Gyllenhaal ("O abutre") e David Oyelowo ("Selma").

O prêmio de melhor atriz (drama) foi para Julianne Moore (do filme "Para sempre Alice"). A lista com as melhores atrizes de Hollywood contou com: Jennifer Aniston ("Cake"), Felicity Jones ("A teoria de tudo"), Rosamund Pike ("Garota exemplar") e Reese Witherspoon ("Livre").

O troféu melhor ator coadjuvante foi para J.K. Simmons (com o filme "Whiplash"). Concorreram ao prêmio: Robert Duvall ("O juiz"), Ethan Hawke ("Boyhood"), Edward Norton ("Birdman") e Mark Ruffalo ("Foxcatcher").

O troféu melhor atriz coadjuvante em séries foi para Joanne Froggatt ("Downton Abbey"), que concorreu com Uzo Aduba ("Orange is the new black"), Kathy Bates ("American horror story"), Allison Janney ("Mom") e Michelle Monaghan ("True detective").

O prêmio de melhor minissérie para televisão foi para "Fargo", que concorreu com "The Missing", "The normal heart", "Olive Kitteridge" e "True detective".

O melhor ator em minissérie para televisão foi Billy Bob Thornton ("Fargo"), que concorreu com Martin Freeman ("Fargo"), Woody Harrelson ("True detective"), Matthew McConaughey ("True detective") e Mark Ruffalo ("The normal heart").

A melhor atriz para comédia em televisão foi Gina Rodriguez ("Jane the virgin"), concorrendo contra Lena Dunham ("Girls"), Edie Falco ("Nurse Jackie"), Julia Louis-Dreyfus ("veep") e Taylor Schilling ("Orange is the new black").

A melhor série de comédia na televisão foi "Transparent", que concorreu com "Girls", "Jane the virgin", "Orange is the new black" e "Silicon valley".

O melhor ator coadjuvante em série foi Matt Bomer ("The normal heart"), concorrendo com Alan Cumming ("The good wife"), Colin Hanks ("Fargo"), Bill Murray ("Olive Kitteridge") e Jon Voight ("Ray Donovan").

A melhor atriz coadjuvante foi Patricia Arquette ("Boyhood"), que concorreu com Jessica Chastain ("A Most Violent Year"), Keira Knightley ("O jogo da imitação"), Emma Stone ("Birdman") e Meryl Streep ("Caminhos da floresta").

A melhor atriz de comédia foi Amy Adams ("Grandes olhos"), que concorreu com Emily Blunt ("Caminhos da floresta"), Helen Mirren ("A 100 passos de um sonho"), Julianne Moore ("Mapa para as estrelas") e Quvenzhané Wallis ("Annie").

O melhor filme de animação de 2015 foi "Como treinar seu dragão 2", batendo "Operação Big Hero", "Festa no céu", "Os Boxtrolls" e "Uma aventura Lego".

O troféu de melhor roteiro no Globo de Ouro 2015 foi para o mexicano Alejandro González Iñárritu ("Birdman"), que venceu Wes Anderson ("O grande hotel Budapeste"), Gillyan Flinn ("Garota exemplar"), Richard Linklater ("Boyhood") e Graham Moore ("O jogo da imitação").

O troféu de melhor filme estrangeiro, sem filmes brasileiros na parada, foi "Leviatã" (filme da Rússia), que venceu "Força Maior" (Suécia), "Gett" (Israel, Alemanha, França), "Ida" (Polônia) e "Tangerines" (Estônia).

A melhor série de televisão (drama) foi "The affair", que venceu "House of cards" (da Netflix), além de "Downton Abbey", "Game of thrones" e "The good wife". O melhor ator em série de televisão na comédia foi Jeffrey Tambor ("Transparent"), que venceu Louis C.K. ("Louie"), Don Cheadle ("House of lies"), Ricky Gervais ("Derek") e William H. Macy ("Shameless"). A melhor atriz na televisão foi Maggie Gyllenhaal ("The honorable woman"), vencendo Jessica Lange ("American horror story"), Frances Mcdormand ("Olive Kitteridge"), Frances O'Connor ("The missing") e Allison Tolman ("Fargo").

O troféu de melhor ator em série de televisão (drama) foi para Kevin Spacey ("House of cards"), vencendo Clive Owen ("The Knick"), Liev Schreiber ("Ray Donovan"), James Spader ("The blacklist") e Dominic West ("The affair").

Fechando a lista dos vencedores do Globo de Ouro 2015, temos melhor trilha original para filme com Johann Johannsson – "A teoria de tudo", que venceu Alexandre Desplat – "O jogo da imitação", Trent Reznor & Atticus Ross – "Garota exemplar", Antonio Sanchez – "Birdman" e Hans Zimmer – "Interestelar". E ainda o troféu de melhor canção original para filme, com vitória de "Glory" – "Selma" (John Legend, COmmon) - que venceu "Big Eyes" – "Big Eyes" (Lana Del Rey), "Mercy Is" – "Noé" (Patty SMith, Lenny kaye), "Opportunity" – "Annie" e "Yellow Flicker Beat" – "Jogos Vorazes: A esperança – Parte 1" (Lorde).

Qual filme entra como favorito no Oscar 2015?

Você se lembra dos vencedores do Oscar 2014? Pois a regra é a seguinte: quem brilha no Globo de Ouro, tem grandes chances de também se destacar na festa do Oscar. Portanto, no dia 22 de fevereiro de 2015, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood deverá dar grande destaque para o filme de Richard Linklater. Mas por que Boyhood - Da Infância à Juventude é o melhor filme de 2015, hein?

"O longa-metragem faz qualquer um voltar à infância e relembrar quais foram os melhores momentos de sua vida. Muitos comparam com a clássica série Anos Incríveis, que foi exibida na TV Cultura aqui no Brasil. Boyhood, além de tudo, é muito verdadeiro. A criança do filme vira um jovem e você vê que aquele é o mesmo ator, que cresceu durante a gravação do longa-metragem. Não foi à toa que o filme ganhou três prêmios no Golden Globe Awards 2015 e que deve ser o grande vencedor do Oscar 2015", elogiou o crítico de cinema William Montes.

Outra curiosidade do filme de Linklater está em suas músicas. A trilha-sonora completa de Boyhood é sucesso de downloads no iTunes. A melhor música do filme, de acordo com os fãs, é "Hero", da banda Family Of The Year. A trilha-sonora ainda conta com Coldplay, Lady Gaga, Kings Of Leon, Arcade Fire, Pink Floyd, Bob Dylan, entre outras estrelas. O refrão da música "Hero" fala sobre heróis: "Let me go, I don't wanna be your hero, I don't wanna be a big man, Just wanna fight with everyone else".

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.