16/10/2012 11:07

Destaques da Mostra Internacional de Cinema SP

Cineasta russo Andrei Tarkóvski é o grande homenageado da 36ª edição da Mostra de São Paulo

Da Redação
OsPaparazzi
Começa nesta sexta-feira, 19, a 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Nesta edição a Mostra traz em especial, alem de filmes inédidos no Brasil, fotos que foram exibidas na Europa em 2008 do cineasta russo Andrei Tarkóvski (1932-1986). Ele será o grande homenageado, as obras de Andrei Tarkóvski estão reunidas em um livro (2006) da editora Cosac Naify.

As imagens de Andrei Tarkóvski trazem fatos nostálgicos, românticos e cinematográficos da vida de um dos principais diretores de cinema do século 20, que compõe a exposição Luz Instantânea: Polaroides de Tarkóvski. As fotos foram feitas na Rússia e na Itália entre 1979 e 1984.

Alem da exposição, cerca de 300 filmes com seleção de longas estrangeiros serão apresentados, como obra do mestre português Manoel de Oliveira, "O Gebo e a Sombra". Do cinema brasileiro serão exibidos cerca de 60 filmes, entre eles o documentário inédito "Francisco Brennand" de Mariana Brennand Fortes.

Destaques da Mostra Internacional de Cinema SP
Cão Dak, Miásnoie, setembro, 1980 (Foto: Andrei Tarkovsky)

O Projeto também comemora 90 anos de Nosferatu (1922), clássico mudo dirigido por F.W. Murnau, com projeção ao ar livre de cópia restaurada do filme no Parque Ibirapuera, dia 2 de novembro.

O cirquito da 36ª Mostra Internacional de Cinema será exibido em 28 espaços do Museu de Arte de São Paulo MASP, em São Paulo, entre os dias 19 e 2 de novembro. A venda de permanentes e pacotes de ingressos se inicia no dia 13 de outubro, sábado, das 10h às 21h. A abertura será no dia 18 com o filme chileno "No", Pablo Larraín, exibido no último Festival de Cannes.

Andrei Tarkóvski dirigiu seu primeiro média-metragem no ano de 1960, em "O Rolo Compressor e O Violinista", dois anos depois ganhou o Leão de Ouro do Festival de Veneza de seu segundo trabalho, "A Infância de Ivan". Em 1972, Tarkóvski lança um filme que foi considerado seu melhor trabalho, "Solaris", um complexo filme que mistura ficção científica e drama existencial, fazendo discretas citações do filme 2001: Uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick.

Gostou da matéria? Compartilhe!

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.