15/11/2011 07:59

Faith No More fecha Festival SWU com show histórico

Com a liderança do "Senhor das 1000 vozes", Mike Patton, banda Faith No More prova que continua em plena forma

Da Redação
Os Paparazzi
A banda americana Faith No More encerrou o Festival SWU 2011 na noite desta segunda-feira, 14, com show histórico e inesquecível para cerca de 70 mil fãs que lotaram o SWU Music & Arts em Paulínia, no interior de São Paulo. Faith No More subiu ao palco com figurino todo branco. Lá estavam o vocalista Mike Patton, o baixista Billy Gould, o tecladista Roddy Bottum, o bateirista Mike Bordin e o guitarrista Jon Hudson. Considerada uma das melhores bandas de rock dos anos 90, o Faith no More provou que continua em plena forma.

Os fãs brasileiros têm uma importância tamanha na trajetória do Faith No More. Foi no Rock in Rio II, em 1991, que Mike Patton e sua banda fizeram história em um show inesquecível no Rio de Janeiro. O grupo chegou a se separar. Em 2009 eles voltaram. E a expectativa é que tenham estrada longa pela frente! No Festival SWU 2011, Mike Patton mostrou porque é chamado de Senhor das 1000 vozes, apresentando uma versatilidade que impressiona. Logo no início do show, Mike cantou músicas de sucesso da discografia do Faith no More, como "Epic", "King For a Day", "Easy", "Digging The Grave", "Midlife Crisis", "Fool for a Lifetime", entre outras.

Faith no More Mike Patton show Festival SWU 2011
Faith No More encerra SWU em grande estilo (Foto: Jorge Rosenberg)

Ao cantar "Just a Man", Patton foi acompanhado por um coral do Instituto Bacarelli, que ensina músicas a crianças da comunidade de Heliópolis, em São Paulo. Foi um dos momentos mais emocionantes do show, que ainda teve diversão. Aos 43 anos de idade, Mike Patton mostrou que sabe como poucos animar uma multidão. Ele se esforçou e arranhou bem o português, levando os milhares de fãs ao delírio em Paulínia. O vocalista soltou palavrões, elogiou o SWU e agradeceu a oportunidade de voltar ao Brasil. O público tinha as letras das músicas do Faith no More na ponta da língua e acompanha o show em coro. No palco, repleto de flores, os figurinos brancos tinham influências de umbanda.

Em reportagem, a "Revista Veja" destaca o show do Faith no More como uma apresentação que "entra na lista dos melhores shows do ano". "Um show e tanto, que salvou o SWU", destaca a revista. O crítico Anselmo Goulart também foi só elogios ao encerramento do Festival SWU 2011. "O Brasil estava com saudades do Faith no More. Sorte a do festival em ter escolhido a banda de Mike Patton como último show. Foi uma mistura de vozes, sons, batidas, enfim, o público curtiu do início ao fim, mesmo debaixo de chuva. As músicas escolhidas para o repertório, a vibração no palco, todo o clima que o Faith no More criou foi favorável e merece aplausos. Michael Allan Patton é um monstro".

O Festival SWU foi realizado de 12 a 14 de novembro em Paulínia, no interior de São Paulo. Destaques para o primeiro dia, marcado por shows de hip-hop, com show do Black Eyed Peas, e também para a polêmica apresentação de Courtney Love.

Quer ser o primeiro a saber? Curta OsPaparazzi no Facebook!

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.