17/06/2011 08:40

Mamonas Pra Sempre: gênios ou estúpidos?

Longa-metragem de Claudio Khans responde se o grupo de rock de Guarulhos foi visionário ou bobo; veja trailer e opine

Da Redação
Os Paparazzi
"Mamonas Pra Sempre" é o documentário do grupo de rock "Mamonas Assassinas" (abaixo veja trailer do filme em vídeo), com direção de Claudio Khans, e que chega aos cinemas neste fim de semana. "Mamonas Pra Sempre" conta a história de Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sérgio, que começaram a carreira com a banda Utopia e alcançaram o auge do sucesso com o grupo Mamonas Assassinas. A história de sucesso chegou ao fim em 2 de março de 1996, após acidente aéreo. Mas afinal: os Mamonas eram gênios, divertidos e engraçados; ou estúpidos, moleques, ignóbeis e bobinhos?

A resposta para esta pergunta está no documentário de Claudio Khans, "Mamonas Pra Sempre". Em 1995 os adolescentes idolatravam Dinho e sua turma. Mas a maioria dos adultos olhava torto. Quem estava com a razão? Abaixo você confere opiniões que dão créditos aos adolescentes que amavam a banda, e também para adultos que nunca a levaram sério. Com vocês, a trajetória meteórica de Rick Bonadio, Alexsander "Dinho" Alves, Alberto "Bento" Hinoto e Júlio César, os meninos engraçadinhos de Guarulhos.

OsPaparazzi de olho em "Mamonas Pra Sempre"...

mamonas assassinas mamonas pra sempre documentário
Documentário é homenagem ao grupo Mamonas Assassinas

Pânico, Stand-Up e CQC: "Mamonas Pra Sempre" chega à conclusão que o talento clown dos Mamonas antecipava, em música, o que o "Pânico na TV!" viria a ser na TV, anos depois. E mais: os jovens que hoje adoram "stand-up comedy", com Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marco Luque e etc., já imaginaram como seria um stand-up de Dinho? Na opinião da crítica, "Dinho daria um banho em muito ator de comédia stand-up".

Sucesso infantil: Outro dado importante mostrado no documentário é o poder dos Mamonas com o público infantil da época. "Crianças cantavam as besteiras dos Mamonas sem saber o significado daquela letra. Eles apenas se identificavam com a alegria daqueles meninos", avaliou César Soares. Fausto Silva e Gugu Liberato aparecem no documentário por diversas vezes, com os programas Domingão do Faustão e Domingo Legal, de Globo e SBT respectivamente. Uma curiosidade é que Xuxa Meneghel não liberou as imagens do "Xou da Xuxa" com Mamonas Assassinas para o documentário de Claudio Khans.

Utopia: O documentário também mostra o outro lado. Músicas "toscas" criadas pela banda, chamada por alguns de "grupo de um só disco". Shows do então grupo "Utopia" mostravam uma tentativa de imitação a Titãs e Legião Urbana, mas sem nenhum sucesso. A melhor opção foi mesmo partir para o humor. Uma pena foi o dia 2 de março de 1996. O Brasil parou e sofreu junto. Os Mamonas chegavam ao fim...

Novos Mamonas? Depois do Mamonas, outros grupos tentaram seguir a mesma linha, mas nenhum conseguiu êxito. Tivemos o "Baba Cósmica", com o hit Sábado de Sol; os "Virgulóides", com Bagulho no Bumba; e até mesmo "Os Ostras", com Uma, Duas ou Três, além da galera do "Pedra Letícia", que falou sobre a comparação com os Mamonas Assassinas em entrevista ao Paparazzi.

Quer ser o primeiro a saber? Curta OsPaparazzi no Facebook!

Filme Mamonas Pra Sempre

Vídeo

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.