03/06/2013 13:53

Naldo 'ganha' filho antes de casamento com Ellen

Cantor Naldo precisa assumir a paternidade de adolescente para se casar com Moranguinho

Da Redação
Os Paparazzi
O cantor Naldo "ganhou" um filho de última hora antes de firmar casamento com Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho. Segundo reportagem do jornal Extra desta segunda-feira, 3, Naldo e Moranguinho vão realizar o casamento em setembro, mas com uma condição: a estrela da música precisa assumir a paternidade do filho da noiva, um adolescente de 14 anos de idade. A entrada do jovem Victor para família seria uma exigência de Moranguinho. Vale lembrar que Naldo já tem um filho de sangue, Pablo, de 15 anos de idade, com sua ex-mulher Branka Silva.

Naldo e Moranguinho férias
Naldo e Moranguinho durante férias nos Estados Unidos

E o filho Pablo deu dor de cabeça ao papai na última semana, após publicar comentários ofensivos nas redes sociais. Pablo atacou a atual noiva de Naldo, Moranguinho. "Eu te amo mesmo depois de tudo o que senhor fez. Fui mais forte do que imaginava e mais uma vez você está escolhendo essa p***", disparou o filho do astro.

Na opinião do empresário artístico Ivan Garcia, o noivo está sem saída. "Para a imagem do Naldo, cancelar o casamento agora, às vésperas, seria muito ruim. Também será prejudicial se ele não assumir a paternidade do filho da futura esposa. A verdade é que, neste momento, a única opção dele é receber o novo filho de braços abertos e acertar essa situação conturbada entre Ellen e Pablo", avaliou.

Naldo e Ellen Cardoso curtiram um fim de semana de badalação na Bahia. Naldo e Moranguinho aproveitaram para confirmar a data do casamento: dia 23 de setembro de 2013, com abertura para imprensa. A expectativa é que tenhamos Naldo cantando no casamento ao vivo. "O casamento está firme e forte", resumiu o cantor antes de subir ao palco para show com ingressos esgotados no Nordeste. Sobre os filhos Pablo e Victor, preferiu não falar nada.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.