27/03/2015 12:14

Oscar 2016 muda produtores por audiência

Após três nos na festa do Oscar, Craig Zadan e Neil Meron deixam Academia de Cinema

Da Redação
Os Paparazzi
A dupla de produtores Craig Zadan e Neil Meron não estará no comando da festa do Oscar 2016. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou a novidade nesta semana em Los Angeles, nos Estados Unidos. A mudança acontece de olho na audiência do Oscar. O Oscar 2015 teve queda de 16% na audiência. Neil Meron e Craig Zadan saíram da produção sem outras explicações.

Craig Zadan e Neil Meron Oscar
Craig Zadan e Neil Meron, estrelas do Oscar

O apresentador da última edição foi Neil Patrick Harris, que repetirá a tarefa em 2016. De acordo com reportagem do Deadline, a Academia segue em busca de um novo nome para produzir a festa do Oscar no próximo ano. O principal objetivo é dar "olhos frescos" para a cerimônia realizada em Hollywood. Principalmente com a tentativa de atrair cada vez mais o público jovem, que, além de dar audiência para a televisão, também multiplica a atração através de hashtags nas redes sociais. Na última edição, por exemplo, os vestidos das atrizes no Oscar 2015 foi um dos assuntos mais comentados na rede do mundo inteiro.

O ponto negativo foi a bilheteria dos filmes vencedores do Oscar 2015. Nenhum deles conseguiu recordes em venda de ingressos nos cinemas. O maior sucesso nas telonas foi Sniper Americano. Mas o grande vencedor, Birdman, pouco vendeu.

Craig Zadan, nascido em Nova York, tem 65 anos de idade. É um dos produtores executivos mais famosos do cinema norte-americano. Brilhou com produções nos cinemas e também no Teatro Broadway. Neil Meron, 59 anos de idade, assina produções como Chicago e Hairspray na Broadway. A expectativa em Hollywood é grande para vermos quem serão os substitutos dos produtores do Oscar (Saiba mais sobre o Brasil no Oscar em reportagem exclusiva de OsPaparazzi).

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.