30/09/2019 14:18

Por que Foo Fighters foi especial no Rock in Rio

Paparazzi mostra como foi o show do Foo Fighters no Rock in Rio 2019; leia resenha

Os Paparazzi
Cidade do Rock, Rio de Janeiro
Estivemos no Rock in Rio 2019 para acompanhar o show da banda Foo Fighters. A seguir mostramos por que o show do Foo Fighters chamou a atenção de público e crítica no Rock in Rio. Também mostramos o setlist completo, com a sequência de todas as músicas que tocaram no show no Rio de Janeiro. Se você esteve na Cidade do Rock, veja a opinião abaixo e deixe seus comentários sobre o dia 28 de setembro.

Rock in Rio 2019 e o show do Foo Fighters

O dia do Foo Fighters não fez a terra tremer no Rio, como aconteceu na Nova Zelândia. Mas foi uma noite muito especial. Com direito a Foo Fighters cantando Queen (Under Pressure).

Foo Fighters show Rock in Rio 2019
O show do Foo Fighters no Rio de Janeiro

Dave Grohl e Taylor Hawkins dividem o protagonismo do show. O ex-baterista do Nirvana dá aquela moral para o baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins. Taylor canta uma música do Queen. E ainda faz um solo gigante na bateria, bem ao centro do palco, com total destaque. Os fãs já estão cansados de saber que Taylor manda bem demais na batera. Mas para quem vê a banda de perto pela primeira vez, a habilidade de Hawkins impressiona muito. O cara tem um talento gigante! E aquele carisma.

Aliás, que energia foi o show do FF. Dave Grohl chegou berrando ao palco. Com gritos altíssimos e, claro, sempre afinados. A energia não caiu nenhum minuto. Foi rock de qualidade. Rock pesado e dos bons. Aquele rock de sair um pouco surdo do palco. E voltar a escutar normalmente só no domingo.

A lista de hits foi tocada para alegria dos fãs. Com algumas ausências. Quais músicas vocês sentiram falta do Foo Fighters no Rock in Rio 2019? Eu senti falta de Breakout, Generator, Hey, Johnny Park!, entre outras. O show contou até com pedido de casamento. Dave Grohl chamou um fã ao palco e ele pediu a namorada em casamento bem ali, ao vivo, para o mundo inteiro assistir.

Três momentos eu senti o público numa energia acima dos 100%. Quando tocou Times Like These. Quando tocou Under Pressure, do Queen. E também com a música que fechou o show, Everlong. Dave Grohl, aos 50 anos de idade, mostra que está em plena forma. É impressionante a garganta desse cara. E que carisma! O gente boa do rock mostrou que é gente boa não só no apelido. Não arriscou nada em português. Mas falou bastante com o público, sempre com os seus palavrões como vírgulas e se divertindo o tempo todo. É um show man. E um apaixonado por rock na veia.

Na minha Time Line, no Twitter, só li elogios ao grupo Foo Fighters. Os caras fizeram a diferença. E ainda anunciaram que voltam ao Brasil com novo show de músicas inéditas, do novo CD, que começou a ser preparado já em 2019.

Dos elogios da crítica para o show do Foo Fighters, me chamou a atenção o elogio do músico Léo Jaime, no Twitter. "Foi Fighters fazendo história no RIR. Curtindo. Levando som. Sem aquela parada de vamos esmagar as outras bandas. Fazendo a festa. Eu curto. Muito bom o Foo Fighters. Simples e cheio de energia", postou Léo Jaime.

A lista completa com as músicas do Foo Fighters no Rock in Rio 2019 foi a seguinte:

The Pretender
Learn to Fly
Run
The Sky Is a Neighborhood
Times Like These
Sunday Rain
My Hero
These Days
La Dee Da
Walk
Love of My Life (somente um trechinho, com Taylor cantando)
Under Pressure (Queen) (vocalista Taylor Hawkins e baterista Dave Grohl)
All My Life
Wheels
Monkey Wrench
Big Me
Best of You
Everlong

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.