06/07/2009 10:21

The Beauty and the Geek: é dos nerds que elas gostam mais

Larissa Drumond
Jovem IG
Papo de balada e músculos embaixo da camiseta não significam absolutamente nada para essas garotas, o que elas gostam mesmo é da timidez misteriosa, da falta de lábia na hora da paquera e de um bom papo. Mas, primeiro de tudo, precisamos entender o que é o verdadeiro nerd. ?É alguém que tem alguns interesses e vai a fundo para entendê-los melhor, seja cinema, história ou computação. Além de serem curiosos, gostam mais de videogames, programação e todas essas coisas que as outras pessoas não se importam tanto?, define Elisa Mafra, 21. Já Victoria Salles, 20, acrescenta que existem vários tipos, mas o modelo estereotipado é mesmo o viciado em games, RPG e tecnologia. ?Mas eles são muito mais do que alguém que joga Winning Eleven e vê Star Wars e estão além da aparência?, completa.

Elisa passou a conhecer geeks há dois anos e percebeu que sempre tinha muito o que conversar com eles, apesar de não se considerar parte desse grupo. ?Eu me sinto muito à vontade por causa dos assuntos em comum e, por mais que eu não compreenda certas coisas, eles respeitam e não tiram sarro de mim?, confessa. Quanto ao quesito beleza, a estudante de Cinema discorda de todos esses rumores de que eles usam óculos pretos de aro grosso, são feios, desengonçados e não têm amigos. ?Claro que existe gente assim, mas meu namorado é nerd e lindo! O mais engraçado é que nenhum nerd com quem fiquei usava óculos?, diz. E o que faz o namorado ter a honra desse título? ?Apesar de sempre sair com os amigos para se divertir, ele resolve cubos mágicos em minutos, joga ioiô, é fanático por tecnologia, gosta de falar sobre gadgets e webcomics?.

Aliás, esse estilo está muito em alta, tanto que é normal ver as celebridades ? como Adam Brody, Joe Jonas, Chris Pine, Josh Hartnett, Michael Cera e até as divas Hillary Duff e Demi Lovato ? sendo flagradas por aí com óculos gigantescos, roupa xadrez e camisetas com temas geeks, o que torna ainda mais difícil saber quem é ou não um legítimo nerd; por isso, Victoria toca em um ponto essencial. ?É questão de personalidade, não aparência. Eles são fofos, companheiros incríveis e tímidos demais para chegar com tudo, então a conversa é muito mais interessante, principalmente sobre filmes, histórias em quadrinho e cultura pop no geral. Isso, com certeza, é mais atrativo do que um cara bombado que curte pagode?, conta, no entanto, sem dispensar o estilinho peculiar.

Geek convicto, César ?Rocco? Calixto, 21, afirma que ser nerd ?é muito conteúdo e pouca compreensão? e esse poder de saber muito sobre tudo é um afrodisíaco e tanto, por que não? ?Eles não são convencidos, não se acham o máximo e eu adoro o fato de tratarem bem os outros ? talvez por serem muito inibidos para xavecar as meninas, eles valorizam o que têm ?, além de serem inteligentes?, afirma Elisa.

Por outro lado, eles são muito desligados, o que acaba deixando Victoria irritada ? e muito! ?Eles não percebem que a mulherada está atrás, então elas caem em cima e quem se passa por neurótica sou eu; além disso, para ficar com um nerd, você precisa conhecer, conversar e esperar que ele entenda, finalmente, que você está a fim?, reclama a garota, que também não acha muito saudável o fato de eles curtirem a vida online adoidado e se esquecerem de ficar off. ?Eu fui assistir ao jogo do Corinthians contra o Internacional no bar e os meus amigos nerds não paravam de twittar um segundo sequer. Eles perdem um pouco da vida social e das relações humanas e vivem muito a relação ?homem-máquina-homem??, finaliza.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.