24/09/2015 14:59

A Hora e a Vez de Augusto Matraga: Vale assistir

Clássico A Hora e a Vez de Augusto Matraga ganha elogios da crítica; vale a pena ver e rever

Da Redação
Os Paparazzi
O filme A Hora e a Vez de Augusto Matraga é um clássico do cinema nacional. Com direção de Roberto Santos, de 1966, é considerado uma obra-prima do Cinema Novo. Com estreia nos cinemas da Rede Cinemark em 2015, o novo "A Hora e a Vez de Augusto Matraga" tem direção de Vinicius Coimbra. E também vale a pena assistir. É considerado um dos melhores filmes brasileiros da atualidade, recebendo elogios de público e crítica. No elenco, além do premiado João Miguel, que interpreta Augusto Matraga, temos José Wilker, José Dumont e Chico Anysio. Que timaço, hein? Veja abaixo vídeo com trailer completo de A Hora e a Vez de Augusto Matraga.

A Hora e a Vez de Augusto Matraga
A Hora e a Vez de Augusto Matraga tem João Miguel e José Wilker

Sinopse A Hora e a Vez de Augusto Matraga: O filme de Vinícius Coimbra é baseado no clássico da literatura de João Guimarães Rosa. A história está no livro chamado "Sagarana", de Guimarães Rosa. Conta a história de Augusto Matraga (João Miguel), fazendeiro bem ao estilo "machão" e "mulherengo". Ele termina o casamento com Dionóra (Vanessa Gerbelli). Ele vai buscar vingança. Um filme bem ao estilo "sertão", mas em Minas Gerais. Destaques ainda para os personagens Joãozinho Bem-Bem (José Wilker) e Major Consilva (Chico Anysio).

Críticas A Hora e a Vez de Augusto Matraga: As críticas são positivas sobre o filme. O portal Adoro Cinema deu nota 3,5 estrelas. O jornal Estado de SP também fez elogios. "É um dos grandes filmes da história do cinema brasileiro, não apenas do ano", elogiou o crítico Merten. Vale lembrar que o longa-metragem de Vinícius Coimbra faturou prêmio na Première Brasil do Festival do Rio de 2011, no Rio de Janeiro. Apesar disso, por causa do investimento pequeno, foi estrear nos cinemas somente em 2015. "Podemos listar os melhores filmes brasileiros da atualidade. Temos O Som Ao Redor, de Kléber Mendonça Filho, Casa Grande, de Fellipe Barbosa, Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, que é o Brasil no Oscar em Hollywood, e podemos incluir o trabalho de Coimbra. Que atuação impecável de João Miguel! O último filme de José Wilker. A despedida de Chico Anysio. Vale muito a pena assistir esse filme", elogiou o crítico William Montes.

Vídeo

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.