05/03/2015 13:45

Força Maior, Avalanche, ganha crítica completa

Vale a pena assistir ao filme "Força Maior"; trata-se de uma das injustiças do Oscar 2015; 5 estrelas

Da Redação
Os Paparazzi
O filme Força Maior (Force Majeure), com direção do sueco Ruben Östlund, estreia nos cinemas da Rede Cinemark nesta quinta-feira, dia cinco de março, em todo Brasil. O longa-metragem da Suécia é apontado como uma das injustiças do Oscar 2015. O filme Força Maior encantou o público do Festival de Cannes nessa temporada. O prêmio foi para o húngaro White Dog, de Kornel Mundruczó, mas ninguém se esqueceu do filme de Ruben Östlund (veja vídeo com trailer abaixo). A crítica dos principais jornais do país deram cinco estrelas para o longa.

Por que assistir Força Maior? No filme estão Johannes Bah Kuhnke, Lisa Loven Kongsli e Clara Wettergren (elenco). A crítica de sites especializados em cinema, como Adoro Cinema e Omelete, distribuiu todas as cinco estrelas para o longa de Östlund.

Força Maior filme estreia
Força Maior é o filme indicado pela Suécia para o Oscar

A sinopse é a seguinte: uma família vai curtir as férias com viagem aos Alpes para esquiar e se divertir. Um dos objetivos da viagem é unir mais os pais com seus dois filhos (a esposa reclama que o marido não tem tempo para os filhos). Eles são vítimas de uma avalanche. Mas o pai é retratado como covarde nesse episódio. Para salvar a própria pele, ele deixa mulher e filhos para trás e tenta apenas se salvar. Essa atitude do protagonista será questionada durante todo o filme. Ato de covardia? Ou o nosso herói merece o perdão?

"É um dos filmes do ano. Esteve no Globo de Ouro 2015. Agradou e ganhou aplausos de pé em Cannes. Enfim, é um filme que marcou. O diretor Östlund nos disse que o longa não é sobre avalanche, mas sobre família. O que você faria por sua família? Você se preocupa mais consigo mesmo ou com seus filhos e esposa? E ele afirmou: o cinema gosta de personagens que perdem a dignidade porque é interessante mostrar o reforço da recuperação", disse o crítico William Montes.

O crítico Luiz Zanin falou resumidamente sobre Força Maior: "O filme é sobre (...) quanto se paga por um impulso de momento, mas que pode funcionar como retrato cruel da personalidade do protagonista. Tem algo do lendário Lord Jim, de Joseph Conrad, em que um ato de covardia precisa ser resgatado em uma segunda chance, caso essa apareça". Vale a pena refletir e se emocionar com a complexidade de Força Maior, essa Avalanche dos cinemas...

Vídeo

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.