30/03/2012 10:10

Rodrigo Santoro e Alinne Moraes estão em Heleno

Rodrigo Santoro e Alinne Moraes estão em Heleno

Da Redação
Os Paparazzi
O filme "Heleno", com Rodrigo Santoro e Alinne Moraes no elenco tem direção de José Henrique Fonseca. O filme conta a história de Heleno de Freitas (1920-1959), o maior ídolo da história do Botafogo antes de Garrincha. "Heleno" conta a biografia de um jogador de futebol, mas não é um longa-metragem sobre futebol, segundo informou o diretor José Henrique Fonseca. "Mostramos o homem que está por trás do mito", destacou.

Heleno Rodrigo Santoro e Alinne Moraes
Rodrigo Santoro e Alinne Moraes em Heleno

"Heleno" brilhou no Festival de Cinema de Havana em 2011. O jogador era considerado o príncipe do Rio de Janeiro dos anos 40. Heleno foi um gênio explosivo e apaixonado, além de galã. Heleno de Freitas (Rodrigo Santoro) tinha a certeza de que se tornaria o maior jogador de futebol do Brasil de todos os tempos. A guerra e a sífilis impediram que o craque do Botafogo realizasse seus sonhos. O filme de José Henrique Fonseca (O Homem do Ano) é baseado no livro "Nunca Houve um Homem como Heleno", de Marcos Eduardo Novaes.

Na opinião do crítico Renato Moreira, "Heleno" é uma brilhante homenagem. "O filme é belíssimo, com fotografia toda em preto e branco. Parece que estamos de volta aos anos 40 do Rio de Janeiro. Alinne Moraes está linda, deslumbrante. E Rodrigo Santoro se consagra como uma estrela. Santoro está a cara de Heleno de Freitas e tem atuação impecável e premiada", comentou o crítico. Rodrigo Santoro emagreceu 12 quilos para interpretar Heleno e surpreendeu a amiga Alinne Moraes.

A fotografia de "Heleno" tem a assinatura de Walter Carvalho. "A interpretação de Rodrigo Santoro é particularmente comovente no segmento final, quando o jogador, extremamente fragilizado, encontra-se internado num hospital psiquiátrico em Barbacena", elogiou a crítica Neusa Barbosa.

Sobre a biografia de Heleno de Freitas, o craque nasceu no dia 12 de fevereiro de 1920. Foi um dos primeiros jogadores brasileiros a alcançar o auge da fama e também o apelido de "jogador problema", aquele que é boêmio, mulherengo, que adora uma farra e acaba faltando aos treinos. Ele também jogou por clubes, como Fluminense, Vasco da Gama, Boca Juniors, Santos e América. Heleno também defendeu a seleção brasileira de futebol. O craque nos deixou em 8 de novembro de 1959.

Quer ser o primeiro a saber? Curta OsPaparazzi no Facebook!

Vídeo

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.