11/11/2010 10:00

Madame Satã

Da Redação
Os Paparazzi
Madame Satã (2002) é um filme baseado em fatos reais, responsável por revelar para o cinema o ator Lázaro Ramos, protagonista do drama. Madame Satã conta a história do transformista João Francisco dos Santos, em 1932. João sonha em se tornar uma estrela dos palcos, no Rio de Janeiro, no bairro da Lapa. "Negro elegante, pobre limpo, célebre marginal, valentão, artista, homossexual com orgulho, analfabeto inteligente, capoeirista e carnavalesco": essa é a definição de João, que ficou conhecido como Madame Satã porque ganhou um concurso de fantasias em 1938 fantasiado de morcego, lembrando uma personagem do filme Madame Satã (Madam Satan, dirigido por Cecil B. deMille).

Após se livrar da prisão (dos 76 anos de vida, 27 ele viveu na prisão), João despontou como um dos primeiros travestis dos palcos brasileiros. Ele passa a viver com Laurita, prostituta e sua "esposa"; além de Firmina, filha de Laurita; Tabu, seu cúmplice; Renatinho, o traidor; e ainda Amador, dono do bar Danúbio Azul. É neste ambiente que João Francisco se transforma no mito Madame Satã.

O tem direção de Karim Aïnouz. O papel de Madame Satã, no início, seria dado a Seu Jorge, que atuou no filme Cidade de Deus. Mas Lázaro Ramos acabou sendo escolhido como uma grande aposta. E deu certo. Madame Satã teve 35 indicações a prêmios. No Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2003, venceu nas categorias de Melhor Ator (Lázaro Ramos), Melhor Atriz (Marcélia Cartaxo), Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino e Melhor Maquiagem.

O filme de Karim Aïnouz causou polêmica por mostrar cenas de homossexualismo, com Lázaro Ramos nu e transando com outro homem.

Fique por dentro das últimas do cinema nacional! É só Curtir OsPaparazzi

Vídeo

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.