15/03/2013 10:39

Border Collie é o cachorro mais inteligente do mundo

Conheça a raça de cachorro Border Collie

Da Redação
OsPaparazzi
Border Collie é uma raça de cachorro muito inteligente e detém grande potencial para o trabalho pastoreio. O Border Collie, apesar da facilidade de aprendizagem, precisa ser treinado para o trabalho. Com o devido treino, o Border Collie é capaz de reconhecer mais de 200 comandos. Além de ser um cão pastoreio, o Border Collie também chama a atenção para outras atividades, como: Agility, Frisbee, Freestyle, Flyball e atrai muitos olhares em exposições e campeonatos para tais modalidades.

Além de possuir todas essas habilidades e dominar certa inteligência, o Border Collie é um cão de companhia. Eles se adaptam facilmente com a família que o adotou e são sociáveis com as visitas. O Border Collie não é um cachorro bravo, eles são extremamente dóceis e amigáveis. O Border Collie possui temperamento equilibrado, suas principais características destaca-se para sua grande energia. O Border Collie é um cachorro ativo, um tanto agitado e não se adapta às pessoas que gostam de tranquilidade e sossego.

A raça de cachorro Border Collie costuma ser receptivo, perspicaz, inteligente e de comportamento quase sempre alerta. Sua aparência é bem proporcionada, de contorno suave e demostrando qualidade, graça e perfeito equilíbrio, rusticidade não faz parte da raça Border Collie. Algumas características do padrão oficial do Border Collie são: focinho forte e moderadamente curto e vai afinando para a trufa (ponta do focinho). Os dentes e maxilares são fortes e com mordedura em tesoura.

Raça de cachorro Border Collie
Border Collie são cães bem inteligentes, tem facilidade em praticar agility

Os olhos do Border Collie são inseridos bem separados, de formato oval e tamanho médio, de cor marrom, exceto nos "merles" (chocolate), onde um, ambos os olhos ou apenas parte de um ou de ambos poderá ser azul. O cão Border Collie tem expressão meiga, penetrante, alerta e inteligente. Suas orelhas são de tamanho médio, inseridas bem separadas, portadas eretas ou semi-eretas e sempre atentas aos ruídos.

A cauda do Border Collie é moderadamente longa, com a última vértebra alcançando, pelo menos, os jarretes, possui inserção baixa e deve ser bem guarnecida de pelos e com a ponta curvada para cima, completando o contorno gracioso e equilibrado do cão. A cauda poderá erguerse em estado de excitação, jamais portada sobre o dorso.

A movimentação do cão Border Collie deve ser livre, incansável e suave, com um mínimo de elevação das patas, conferindo a impressão de habilidade para movimentação com grande cautela e velocidade. A pelagem do Border Collie pode ser longa e lisa, com pelagem densa e de textura média, com subpelo macio e denso, o que favorece para boa proteção contra intempéries.

Quando a pelagem do Border Collie for moderadamente longa, a abundância de pelos forma uma juba, culotes e pincel. Na face, orelhas, anteriores (exceto para franjas) e posteriores do jarrete ao solo os pelos devem ser curto e liso. A cor do Border Collie pode ser variada, somente o branco não pode ser predominante. O tamanho do Border Collie macho é de 53 cm e um menos para as fêmeas.

Os cuidados com a pelagem do Border Collie são simples, escovação de duas a três vezes por semana, mesmo que não seja na época da muda e, quando se aproxima o verão a tendência à queda de pelo aumenta, nesse período é preciso escova-los todos os dias. Quanto aos banhos, não devem ocorrer mais de uma vez na semana, para não fragilizar a pele e torná-la mais sujeita a dermatites, portanto, um banho ao mês é o suficiente para manter o Border Collie limpo.

Os ouvidos do Border Collie devem ser limpos de forma superficial e sem retirada excessiva de cera, a cada dez ou quinze dias aproximadamente. Com o auxílio de um algodão, retire a cera de forma delicada e, lembre-se que uma higienização mal feita pode ocasionar lesões ainda mais sérias no cachorro. Outro cuidado com o Border Collie é quanto sua atividade física, apesar de calmos, esses cães precisam de atividades físicas diariamente.

O Border Collie se viver em um ambiente livre, em que possa correr e brincar, é melhor, mas mesmo assim, o dono deve estimular a agitação do cachorro pelo menos uma ou duas horas por dia. Se o Border Collie vive em apartamento, o que não é muito indicado, precisam de passeios regulares, no mínimo dois por dia, pelo menos, de 40 minutos cada.

Raça de cachorro Border Collie
Esqueça as caminhadas calmas, Border Collie gosta de corridas!

A origem do Border Collie é britânica, são cães pastores que há cerca de cem anos trabalha continuamente em seu país de origem. O Border Collie é uma raça de cachorro desenvolvida a partir do século XIX, mas seus ancestrais já estavam presentes na região desde a Idade Média, onde trabalhavam junto com os criadores de ovelhas demonstrando incrível capacidade no trabalho. Seu desempenho pastoreiro é muito reconhecido e há muitos clubes especializados da raça que se esforçam para preservar as habilidades de pastor do border collie.

Os interessados em adquirir um cachorro Border Collie, deve conhecer os criadores e buscar o melhor canil. Antes de comprar um filhote Border Collie, verifique a procedência do cão, conheça os pais do filhote e obtenha garantia do criador quanto a não existência de doenças genéticas na família do filhote a ser comprado.

No Brasil, o Border Collie não é tão utilizado como cão pastor, mas essa habilidade ainda esta em desenvolvimento. Um filhote de Border Collie custa em média R$ 2 mil e deve ser comprado em um canil de confiança.

Curta Bicho Animal e receba noticias de cachorros e outros bichinhos

Fotos da raça de cachorro Border Collie

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.