01/02/2015 11:29

Comportamento dos gatos: Aprenda a ouvir o seu gato

Todo o tempo os gatos emitem sinal de comunicação, será que entendemos esses sinais?

Da Redação
OsPaparazzi
Os gatos têm várias maneiras sofisticadas de comunicar entre si e com as pessoas próximas, embora algumas delas sejam tão sutis que os seres humanos não conseguem captá-las e tampouco entendê-las. Muitas vezes, precisamos deixar um pouco de falar com nossos gatos e tentar ouvir o que eles têm a nos dizer. Os gatos possuem cinco sentidos muito aguçados e são sensíveis, portanto, eles têm facilidade de se comunicar, com isso, nós acabamos também desenvolvendo uma forma de entender o que os gatos querem dizer.

Aprenda a ouvir o seu gato
Pare de falar com seu gato e ouça!

As pessoas não conseguem entender alguns sinais dados pelos gatos como os relativos aos odores. Embora possamos reconhecer de imediato o odor forte de sua urina, deixado para demarcar território e avisar a todos de que ele é o dono do pedaço, nosso olfato débil não capta sequer o cheiro de mensagens mais sutis, como esfregar e arranhar, e menos ainda o que elas significam para os outros gatos.

Obviamente, pode-se notar quando o animal está mal-humorado por meio de seu comportamento. Se você pisar na cauda dele, por exemplo, ele mostrará os sentimentos na hora, sibilando ou gritando. Se doer muito e ele se ofender de verdade, uma rápida mordida ou arranhão na sua perna chamará sua atenção imediatamente.

Poucos donos não aprendem a reconhecer um gato faminto, que fica parado junto à tigela de ração encarando alternadamente o pote vazio e o dono. Sua cauda se eleva e, se você abrir o armário em que guarda o alimento do animal, ele se esfregará em sua perna ou dará encontrões em você para incitá-lo a abrir uma lata, um sachê ou a pegar o pacote de ração.

Os gatos podem ser possessivos com seus donos e ocasionalmente demonstrar ciúmes. Em uma casa com bebê, por exemplo, é importante continuar dando o mesmo grau de atenção e afeto que ele recebia antes da chegada da criança. Eles também podem ter ciúmes de outros gatos da casa e, se você der muita atenção a um animal só, mostrarão insatisfação sendo irritados e arredios. às vezes rosnando e se afastando quando você o chamar.

Provavelmente, ele se sentirá melhor batendo ou mordendo o outro gato, mas você deve estar ciente que esse tipo de comportamento é previsível em um casa com vários gatos. Evite ataques de ciúmes lembrando que seu gato é um membro da família, que ele chegou antes do outro bichano ou do bebê, e dê-lhe mais amor e alimento primeiro, tratando-o da mesma maneira que o primeiro dia em que ele chegou na sua casa. E também treine seu gato para ele reconhecer o próprio nome, assim ele demostrará felicidade quando ouvir você chamar.

Curta Bicho Animal e receba noticias de gatos e outros bichinhos

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.