08/07/2012 11:15

Cuidados com gatos: saiba examinar seu gato e evite problemas

Conheça melhor o corpo do seu gato e saiba identificar eventuais problemas, basta tomar alguns cuidados básicos

Da Redação
OsPaparazzi
Um gato requer cuidados constantes. É uma boa ideia dar uma examinada no animal uma ou duas vezes por semana, quando ele estiver tranquilamente aninhado em seu colo. Assim, você identifica logo eventuais problemas e realiza procedimentos simples de "manutenção".

Cuidados com as orelhas dos gatos
Olhe por dentro para detectar se há algum resíduo gorduroso acumulado, fiapos ou pelos. Caso ache alguma coisa, limpe suavemente com um chumaço de algodão embebido em azeite de oliva morno, com movimentos de dentro para fora. A presença de cera marrom-escura pode indicar uma doença típica. Nunca use cotonetes nos ouvidos dos gatos. Conheça algumas doenças de gatos.

Cuidados com os dentes dos gatos
Abra cuidadosamente a mandíbula do gato e olhe o interior da boca. Os dentes de leite devem ser brancos e limpos, as gengivas, aroseadas e saudáveis e o hálito, inodoro. Caso descubra algo preocupante, busque sem demora orientação profissional junto ao seu veterinário ou a uma clínica especializada.

Cuidados com gatos: saiba examinar seu gato e evite problemas
Tenha bastante cuidado com seu gato, e sempre que necessário leve-o ao veterinário

Cuidados com a pelagem dos gatos
Comece o exame da pelagem nos gatos deslizando a mão sobre ela. Há manchas sem pelo ou áreas ásperas? Há pelos emaranhados? Em caso afirmativo, solte-os com os dedos e use um pente para separá-los. Se o gato estiver cochilando durante esse procedimento, é provável que nem acorde. Veja também se há uma espécie de pó fino preto na pele. Esse "pó" e excremento de pulgas, mas fácil de achar do que as próprias pulgas, principalmente em gatos de pelo longo.

Cuidados com olhos e nariz dos gatos
Agora examine os olhos do animal. Eles devem ser límpidos e as pálpebras sem muco ou outros resíduos. Com os dedos e, se necesário, um pequeno chumaço de algodão embebido em água morna, remova eventuais ramelas nos cantos das pálpebras e crosta perto do nariz. As narinas estão desobstruídas e sem supuração? O focinho está ressecado e duro? Se estiver, passe um pouco de vaselina. Se o focinho do gato continuar rachado e dolorido por mais de duas semanas, procure o veterinário imediatamente, pois esse problema pode se tornar incurável nos gatos.

São muitos cuidados que devemos tomar com os gatos, outro muito importante é em relação a alimentação, saiba o que leva seu gato a comer demais, problema que pode causar obesidade e ser a causa de algumas doenças.

Entenda melhor como funciona cada parte do corpo do seu gato.

Curta Bicho Animal e receba noticias de gatos e outros bichinhos

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.