26/06/2013 09:18

Cusco, no Peru, é o centro do universo inca

O ponto turístico mais famoso de Cusco é a Plaza de Armas; Saiba o que fazer em Cusco

Da Redação
OsPaparazzi
Cusco é a capital arqueológica das Américas, um lugar ímpar, impregnado de uma cultura ancestral e cercado pela beleza e pelo misticismo dos Andes. Quem viaja para Cusco, no Peru, fica impressionado com sua beleza e os pontos turísticos. Em quíchua, a língua nativa, a palavra Cusco, origem do nome Cusco, significa "umbigo do mundo", o berço e o centro do Império Inca. Em Cusco, cidade colonial a 3.350 metros acima do nível do mar conduz à Plaza de Armas, o umbigo do umbigo. Outro local também conhecido como umbigo do mundo é Ilha de Páscoa, no Chile.

Fotos de Cuzco
Cusco é uma cidade histórica e mística

Chamada pelos incas de Huacaypata, a plaza era o coração da capital, fundada no século XII por Marco Cápac. A Cidade Velha, que se estende por 10 quarteirões, é um retrato fiel da era colonial que se seguiu à chegada de Pizarro em 1532. Ela refere também a invasão dos espanhóis e a destruição final da civilização inca, que, em determinada época, foi o maior império do Ocidente.

Um ponto turístico de Cusco é a Plaza de Armas que se destaca pela presença de uma rebuscada catedral barroca, um dos exemplos mais esplêndidos da arquitetura religiosa colonial das Américas, e também de igrejas, casarões e colunatas, todos erguidos sobre ruínas de palácios e templos incas depois que estes últimos foram destituídos de seus ornamentos de ouro, prata e pedras preciosas.

Em Cusco ainda podem ser vistos vestígios de suas gigantescas e impecáveis fundações de alvenaria (encaixadas sem o uso de argamassa), algumas das quais com altura equivalente a dois andares.

Fotos de Cuzco
Visão panorâmica da cidade de Cusco

O que fazer em Cusco: Tente estar em Cusco no dia 24 de junho para o Inti Raymi (Festival Inca do Sol), a principal festa inca e um dos mais espetaculares festivais andinos da América do Sul. A data coincide com as comemorações do Dia de São João, que também e o Dia de Cusco e o Dia Peruano do Índio. A pompa original dessa antiga celebração é reencenada nas principais praças e ruas da cidade, com desfiles, procissões, danças, música folclórica, alem de cerimônias especiais em Coricancha, o antigo Templo Inca do Sol, que nos dias de hoje é ocupado em sua maior parte pela igreja de Santo Domingo.

Onde fica: Cusco fica a 1 hora de vôo de Lima; vôos diários partindo da maior parte das grandes cidades peruanas. Considerada parada obrigatória para os que estão a caminho de Machu Picchu e de outros sítios arqueológicos no vale do Urubamba. A melhor época para o turismo em Cusco é entre abril e outubro, temporada com menos chuva e temperatura agradável.

Para os brasileiros que vão a Cusco e levam dinheiro em real, basta fazer a troca pela moeda local em Cusco mesmo, onde há várias casas de cambio. Quem preferir pode fazer a troca no aeroporto antes de chegar ao destino.

Para quem não quer gastar muito com alimentação, há restaurantes em Cusco que não são caros, até mesmo os pratos típicos e também os orgânicos. Os pratos variam entre 15 e 25 soles. Outra opção é comprar alimentos, frutas e bebidas no mercado.

Para se divertir durante a noite, Cusco oferece vários bares e festas, a maioria não paga para entrar, mas as bebidas são caras, como no "Mama Africa Club", "The Temple", "Mythology", entre outros.

Comentários

PÁGINA PRINCIPAL | ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Todo o conteúdo deste website é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal de seus idealizadores.