CelebridadesColuna SocialFilmesPais e FilhosBicho Animal
Reprodução/ YouTube

Homenagem para Aldir Blanc em cover; assista

Destacamos homenagem especial para o mestre Aldir Blanc que nos deixou em 2020; ouça O Bêbado e o Equilibrista

Da Redação, publicado em 07/05/2020.
Essa é uma singela homenagem ao eterno mestre Aldir Blanc. Encontramos na internet este trabalho sensível de Nick Ellis, que é fundador e ex-editor-chefe do TechTudo. Com o canal de músicas "366 Músicas", Ellis toca uma música cover por dia durante o ano todo. No dia 4 de maio de 2020 a música foi especial. Homenagem para Aldir Blanc cantando O Bêbado E O Equilibrista, talvez uma das composições mais famosas do poeta. Ficou lindo. Assista abaixo.

Aldir Blanc Mendes nasceu no dia 2 de setembro de 1946. Carioca, foi poeta, jornalista, escritor, compositor e cronista. Foi médico, tendo se formado em psiquiatria. A história da música brasileira se confunde com a história de Aldir Blanc. Este gênio compôs mais de 800 canções durante a carreira. Uma delas foi O Bêbado E O Equilibrista, da homenagem abaixo, consagrada na voz de Elis Regina. Também são músicas de Aldir Blanc: Bala com Bala, Dois pra Lá, Dois pra Cá, Coração do Agreste, entre outras.

Homenagens para Aldir Blanc
Aldir Blanc ganha homenagem de Nick Ellis cantando O Bêbado E O EquilibristaFoto: Reprodução/ YouTube
Famosos falaram na internet com mensagens de adeus ao mestre. A cantora Maria Ritapostou:

"A esperança não há de ser inutilmente, eternizou o compositor de O Bêbado e o Equilibrista. As composições de Aldir deixam um legado artístico precioso. São um tesouro da cultura popular guardado na memória afetiva do país. Como na sua canção-símbolo, o show de todo artista tem que continuar. O céu ganhou um bamba", postou.

O cantor João Bosco escreveu:

"A esperança equilibrista sabe que o show de todo artista tem que continuar…. Aldir, dos mestres maiores, que o sr. descanse em Luz, com a certeza do tanto que nos deixou de legado, amor, senso crítico, arte, cultura. Missão cumprida!".

O apresentador Luciano Huckpostou a seguinte mensagem:
"Nos momentos difíceis do país resiste na alma brasileira uma esperança equilibrista. Esta foi uma das lições do mestre Aldir Blanc, que partiu hoje. A esperança não há de ser inutilmente, eternizou o compositor de O Bêbado e o Equilibrista".


Descanse em paz, mestre Aldir Blanc.

Compartilhe com um amigo!
Comentários