Selton Mello em entrevista ao Lady Night na Rede Globo

Reprodução/ TV Globo

Selton Mello em Filmes, Namoradas e Filhos; veja Biografia

Mostramos um outro lado do ator e diretor de cinema Selton Mello; por que não quer ser pai?

Selton Mello é um dos principais atores do cinema nacional. Também é diretor. Os filmes de Selton Mello recebem elogios das críticas. O ator é irmão de Danton Mello. A seguir apresentamos a biografia de Selton Mello por uma perspectiva diferente. Falamos sobre filmes, namoradas, filhos e vida pessoal. Tem curiosidades sobre o diretor de O Palhaço. Por que ele ainda não quer ser pai? Acompanhe!
Selton Mello, a estrela dos filmes nacionais

Selton Mello é o cara dos filmes nacionais

Foto: Divulgação


Selton Mello Filmes


Selton Figueiredo Melo, o Selton Mello, nasceu em Passos, Minas Gerais, no dia 30 de dezembro de 1972. É ator, dublador, diretor e produtor. A principal área de atuação é o cinema. Ele e Wagner Mouraforam os principais atores do cinema nacional em 2010.

A principal revista de notícias do país produziu um especial em novembro de 2010 para comparar quem é melhor: Wagner Moura ou Selton Mello? 'Veja' conta que Selton já havia feito 20 filmes, 5 a mais do que Wagner, que no entanto, graças ao sucesso de Tropa De Elitejá teria cerca de 20 milhões de espectadores. Selton Mello somava à época cerca de 12,5 milhões de espectadores. Diz Selton: 'Wagner Moura é o ator mais importante do nosso cinema'. Diz Moura: 'Da minha geração, eu sempre admirei muito o Selton Mello'.
Selton Mello está no filme Federal

Selton Mello está no filme Federal

Foto: Divulgação

Início da carreira


O mineirinho mudou-se para São Pauloainda criança. Desde pequeno Selton já queria ser ator. E logo em 1981 já estava na TV Globo, fazendo novela: Corpo a Corpo. Ainda criança trabalhou na TV Bandeirantes, na série Dona Santa. E também atuou na TV Manchete, em Pantanal. Ficou um tempo longe das novelas, na fase de adolescente. E aí dedicou-se à dublagem. É de Selton Mello a voz do desenho Charlie Brown e também do protagonista Daniel San, no filme Karatê Kid.

A estreia como ator no cinema, sua grande paixão, foi no infantil Uma Escolha Atrapalhada, de Renato Aragão. Em 1992, retornou à TV Globo na novela Pedra sobre Pedra. Também atuou em Tropicaliente e A Próxima Vítima. Ganhou destaque na TV como o Tenente Luís da microssérie Guerra de Canudos e com o atormentado Emanuel, da novela A Indomada.

Mais cinema nacional e filmes do ator e diretor


Em 1999, protagonizou O Auto da Compadecida, como Chicó, ao lado de Matheus Nachtergaele. Ainda na TV participou da série A Invenção do Brasil, e Os Maias. Na comédia atuou no seriado Os Normais e, em 2004, protagonizou a série Os Aspones. Desde 2004 apresenta o programa Tarja Preta, no Canal Brasil. Selton deixou a TV de lado para se dedicar aos filmes. Em 2007 chegou a recusar um convite de Gilberto Braga para atuar na novela Paraíso Tropical, como o vilão Olavo, que acabou ficando com Wagner Moura.

Vamos à lista de filmes de Selton Mello: em 1994 começou com Lamarca, de Sergio Rezende. Em 1997 fez Guerra de Canudos (também de Sergio Rezende) e o clássico O Que É Isso, Companheiro?, de Bruno Barreto. Em 2000 levou para o cinema a série de TV O Auto da Compadecida, de Guel Arraes. Em 2001 fez Caramuru - A Invenção do Brasil, também com Guel Arraes, além do premiado e elogiado pela crítica Lavoura Arcaica, de Luiz Fernando Carvalho.

Em 2003 Selton Mello protagonizou Lisbela e o Prisioneiro, em mais uma parceria com Guel Arraes, e também brilhou no Garotas do ABC, de Carlos Reichenbach. Em 2004 atuou em Nina, de Heitor Dhalia, e Árido Movie, de Lírio Ferreira. Em 2006 pediu para participar do projeto de O Cheiro do Ralo, de Heitor Dhalia. E também atuou em O Coronel e o Lobisomem, de Maurício Farias.
Biografia Selton Mello

Selton Mello nos surpreende em suas atuações e direções de filmes

Foto: Divulgação


Em 2008 Selton atuou em A Erva do Rato, de Júlio Bressane e Rosa Dias, e em Os Desafinados, de Walter Lima Jr.. O grande sucesso de 2008 foi Meu nome não é Johnny, de Mauro Lima. Outros sucessos vieram em 2009, com Jean Charles, de Henrique Goldman, e A Mulher Invisível, de Cláudio Torres. Em 2010 fez Federal, de Erik de Castro, Lope, de Andrucha Waddington e Reflexões de um Liquidificador, de André Klotzel. Em 2011 deve estrear Reis e Ratos, de Mauro Lima. Ufa! Quanto filme, hein Selton Mello? Isso sem falar nos filmes que ele dirige. Selton Mello estreou como diretor de um longa-metragem em 2008, com Feliz Natal. Em 2010 dirigiu O Palhaço.

Em 2011, anunciou Billi Pigcom a atriz Grazi Massafera. O ator Selton Mello elogiou Grazi Massafera por Billi Pig.

Ainda em 2011, voltou para a televisão levando o filme 'A Mulher Invisível'. O filme virou série. E marcou uma nova estreia para Selton. O ator e toda equipe de Mulher Invisível receberam elogioscom a migração do filme para a TV Globo.

No cinema, Selton Mello foi premiado com o filme 'O Palhaço' no Festival de Cinema de Paulíniade 2011. Ele levou o prêmio de Melhor Diretor e Melhor Roteiropelo filme 'O Palhaço' no Festival de Paulínia. Com o longa, o ator ganhou o Prêmio Contigo! de Cinema Nascional em 2012.Alem de ter sido homenageado no Festival de Gramado em 2011.Em 2012, Selton também brilhou na atuação do filme Reis e Ratos.
Selton Mello não tem blog e não gosta de aparecer em fotos

Selton Mello não tem blog e não gosta de aparecer em fotos

Foto: Divulgação


Sobre o filme Federal, foram muitas as comparações com Tropa de Elite 2. Dirigido por Erik de Castro, a atração tem vários elementos que a colocam em posição de comparação com o longa de José Padilha. Federal mostra um esquadrão de elite de policiais honestos que fazem de tudo para combater o tráfico de drogas. Selton Mello é um jovem e sonhador policial em Federal.

Vida pessoal, namoradas e filhos

Selton Mello e o irmão Danton Mello no início da carreira

Selton Mello e o irmão Danton Mello no início da carreira

Foto: Reprodução/ YouTube


Na vida pessoal são muitas questões. O ator chegou a declarar, por exemplo, que consome remédios de tarja preta para conseguir dormir.

Outra. Pedro Cardoso se irritou com a primeira cena quente de sua então namorada, a atriz Graziella Moretto, no filme dirigido por Selton Mello. Segundo o desabafo de Pedro Cardoso, o diretor Selton Mello teria reunido amigos em casa para assistir a sessões prévias do filme, com a namorada de Pedro. No protesto, Cardoso fala em 'sessões privês' de cineastas que 'exibem as cenas íntimas feitas por uma atriz'.

Selton é filho de Dalton Natal Mello e de Selva Aretusa de Figueiredo Mello. É irmão do também ator Danton Mello.

Ainda na vida pessoal, Selton Mello declarou em 2010 estar muito feliz com a vida de solteiro. Já teve várias namoradas famosas.

Já foram namoradas dele: Danielle Winitsnos anos 90 e Andréa Leal, com quem namorou por dois anos.

Em entrevista ao Altas Horas, declarou que se apaixonou por Marjorie Estiano. Mas foi só uma paixão por admiração mesmo. Eles não namoraram.

Mas por que não tem filhos? 'Não ando treinando', respondeu no Conversa com Bial, de Pedro Bial. E seguiu: 'Levo numa boa essa questão de filhos. Mesmo passando dos 40 anos de idade, ainda não tive essa certeza', respondeu.

Insegurança em filmes e novelas

Selton Mello em entrevista ao Lady Night na Rede Globo

Selton Mello em entrevista ao Lady Night na Rede Globo

Foto: Reprodução/ TV Globo


Em entrevista ao Lady Night, de Tatá Werneck, no dia 11 de junho de 2020, Selton Mello falou sobre insegurança. Quem acha que ele é seguro ao fazer filmes e novelas, está enganado. O ator admitiu certa insegurança.
'Fui mesmo assim, porque eu sabia que era alguma coisa que era importante mexer, algum tabu, algum medo, que era bom passar para crescer'
, declarou na entrevista à Rede Globo.
Comentários
Veja Mais
O filme nacional Billi Pig divide opiniões, mas foi a grande aposta do diretor José Eduardo Belmonte; leia crítica do filme
Filme Billi Pig divide opiniões; leia a crítica
O filme nacional Billi Pig divide opiniões, mas foi a grande aposta do diretor José Eduardo Belmonte; leia crítica do filme
Filmes Nacional
Filme Superpai, com direção de Pedro Amorim, tem Danton Mello, Dani Calabresa, Mônica Iozzi, ...
Superpai: Crítica compara Danton Mello e Selton
Filme Superpai, com direção de Pedro Amorim, tem Danton Mello, Dani Calabresa, Mônica Iozzi, ...
Filmes Nacional
Biografia de Marcelo Adnet tem trabalho autoral na quarentena direto de casa, no Globoplay
Conheça o ator e humorista Marcelo Adnet
Biografia de Marcelo Adnet tem trabalho autoral na quarentena direto de casa, no Globoplay
Marcelo Adnet