CelebridadesColuna SocialFilmesPais e FilhosBicho Animal
OsPaparazzi

Cobertura da Copa do Mundo 2010 diretamente da África do Sul

Locutora Shirley Souza da rádio Stereo Vale é correspondente de OsPaparazzi no maior evento de futebol do mundo

Da Redação, publicado em 16/06/2010 e atualizado há 2 meses.
Ela é a única representante da região cobrindo a Copa do Mundo, diretamente da África do Sul. A 'nossa' visão sobre o maior evento de futebol do mundo, quem traz é a locutora Shirley Souza, que comanda o programa 'Eu que sei.com', na rádio Stereo Vale FM, em São José dos Campos.

Vamos pra África! Tudo, ou quase tudo, que você precisa saber sobre o país da Copa!

Euzinha na ÁfricaFoto: OsPaparazzi
Pra você que é ouvinte da Stereo Vale, da Nativa FM, e fã do esporte, além de acompanhar os jogos da Copa pela tela da Band, você também vai saber do outro lado desse evento que reúne gente maluca de todo lado, pra ver 11 meninos correndo de um lado pro outro. É a Copa do Mundo 2010!

Estou indo pra África com um detalhe importante: EU NÃO FALO INGLÊS, o que torna essa viagem muito mais emocionante! E vou apresentar pessoas, histórias, o jeito que se vive na África, se tem bidê ou não...

A aventura começa na hora de fazer a tal da mala. Você pode levar 2 com 23 quilos cada... Vem cá, como é que eu peso uma mala, hein? Como eu vou saber se tem 23, no aeroporto? Tem ainda aquele lance de ficar esperando a mala por horas na esteira, onde são todas iguais e tem que adivinhar qual é a sua. Mas eu sou esperta e coloquei várias fitinhas do site OsPaparazzi na minha, assim vai ser rápido.

Tina, meus amores e minha irmã pra toda a vidas, me levou ao aeroporto. O coração parecia estar sendo rasgado nessa hora, mas bora pra África. Foram 10 horas dentro daquele trem de asa até Joanesburgo, mas tem que lembrar que aqui são 5 horas à frente. No meu voo estava a galera da ESPN, do site Terra e também da CBF indo à África pra trabalhar.

Indo pra Cape Town (mais 2 horas de voo), conheci 2 homens que recebem os turistas e os orientam. Detalhe, os 2 se chamam Luiz, e eles, claro, falam inglês! Me dei bem, me ajudaram e até levaram até minha bagagem! Thank you Luizes!

Foi fácil até chegar na cidade onde um cara da escola onde vou ficar me esperava... Aí é que está o osso, como falar com alguém que você não entende?

Confira a galeria de fotos aí! Tem os Luizes, a polícia local, os cachorros fofos que ficam brincando na esteira de malas, o banheiro com um vaso lindo (rs), o avião, meus amores, o aeroporto, as vuvuzelas, a tal da bola Jaburanga e tem eu também...

É aqui que eu vou ficar durante a Copa!

Essa agora é a minha casa na escola onde eu me hospedo durante a Copa do Mundo. Aqui é uma mistura de pessoas, hábitos, palavras culturas e, principalmente, comportamentos diferentes...

Aqui a galera vem de todo o lugar do mundo pra estudar inglês e eu sou a única que vim a trabalho e não falo inglês... No primeiro dia ouvi um 'hello' descendo a escada e respondi 'Oi', só dei do absurdo, quando Katia, a carioca deu o 'Hello' me disse 'Oi? Você é brasileira, né?'

Dei Graças a Deus porque queria comer e não sabia pra onde corria. Ela me indicou um lugar legal e ainda me contou que haviam outros brasileiros por aqui, ufa! Mas comer não foi difícil. Fogo, no sentido literal, foi queimar a mão e depois a barriga na hora do banho. A água é muito quente! Também com esse frio todo...

Aqui na hora do intervalo das aulas as pessoas fazem o que eu chamo overbooking de lan house, o refeitório é dominado pelas colônias japonesa (baixando o episódio inédito do Jaspion), francesa (baixando as fotos da última moda em cortes de cabelo), colombiana (estes estão em dia com os episódios do Chaves, e é por isso eu adoro os colombianos) e a brasileira (pendurados no MSN, Orkut, Facebook - que aqui se você não tiver um você não existe).

Nos domingos tem um cineminha, que pra mim não passa de um sofá com um telão e um cara falando coisas que eu não entendo. Segunda tem o 'barbecue' pra integrar os novos alunos da semana.

Mas o churrasco aqui é assim: toca-se fogo em várias churrasqueiras com lenha e cada um vem com o seu menu e assa lá. Rola de tudo: carne, salsicha, frango, costela, legumes, pão, milho... Até pizza ou outro delivery, o lance é interagir.

Bacana, muita fumaça, comida estranha, gente chegada na cervejinha, e muita boa vontade de conversar.

Veja as fotos de mi casa, do babecue, do cineminha, da lan house, Emery (que é o gerente de marketing e responsável pela escola, de camisa social azul clara atrás de uma mesa) e Syabonga (o segurança que está fazendo dedinho de vitória comigo), eu adoro esse menino, ele fala Coza um dos dialetos daqui, por isso pra mim ele é o COZA MAN!

Thanks! Leandro Fortes de BH pelas fotos extras!

O bairro onde moro tem...

Aqui em Cape Town tem praia, montanha, gente bonita, comida barata (e de todo lugar do mundo), ruas estranhas, carros piores ainda (com a direção no lugar do carona), e tem também camisinha grátis em todos os banheiros públicos, o que eu aprovo e torço pra que vire regra... Tem barraca de frutas na calçada, tem mais táxi do que cachorros, indiano a beça, e tem o Ardis, o lugar que escolhi pra comer e me apaixonei. Tem uma saladinha de frango com cogumelo, tomate e cebola à milanesa, humm...

Cape Town tem a réplica da maior roda gigante do mundo que fica em Londres, várias igrejas lindas, mesquitas (que eu quero ir), safari, mergulho com tubarão branco, e um montão de loja só pra adultos...

Tem um por do sol inesquecível, museu, balada todo dia... Terça é na Dizzy, quarta na Jade (onde rola pagode e funk brasileiro), quinta tem a Fez (que é linda, me senti no Marrocos), sábado é na Long Street e no domingo Buena Vista com salsa e música cubana

Tem também, cabines telefônicas fofas, construções incríveis, vuvuzelas e agora tem Shirloka Maria, completamente apaixonada por essa cidade!

Thanks! Fabio pelas incríveis fotos extras!

Caraca, estou na Copa do Mundo 2010!

Na Copa do Mundo, pelo menos na África, porque nunca estive em outra, as pessoas se entregam às cores do time que ama, se vestem com camisas oficiais, pintam o rosto, colocam perucas, fazem a bandeira de capa do Superman, usam acessórios incríveis e tocam a porcaria da vuvuzela 24hs...

Na Copa da África tem argentino, americano, holandês, mexicano, português, francês, coreano, japonês, turco, árabe, indiano, e tem o BRASILEIRO, que sabe se divertir e dar show no estádio como ninguém!

Próximos jogos: Brasil X Coréia, Paraguai X Itália, Portugal X Coreia...

Thanks! Di de Recife pelas fotos extras!

A África fica assim em dias de jogos da Copa...

Falei na rádio sobre a diferença de se assistir os jogos da Copa do Mundo no Brasil, com todo mundo querendo a mesma coisa, e assistir dentro do evento onde tudo acontece... Todas as nações se unem antes do jogo começar, mas se pegam quando tudo começa (rs)... Esse desejo pela vitória é uma coisa muito louca e difícil explicação...

Até eu que jamais gostei de futebol, e sempre achei isso tudo um motivo enganador pra se tirar dinheiro do povo, estou tensa com o jogo de hoje...

Mas enquanto espero pra ver o jogo aqui na África, vocês ai no Brasil ainda dormem. Vou deixando umas fotinhas da porta do estádio em vários jogos em que estive, fiz um caldeirão aqui: tem jogador, mascote, técnico, gente trabalhando, gente se divertindo e tem gente dando show!

Trilha sonora de hoje: Desengano 'Por que você não para pra pensar... Por que você não vem pra ajudar, desengano, desengano'. Thanks pelas fotos extras para Kiko da Colômbia, Di de Recife, Fabio de Conselheiro Lafaite, Leandro de BH e Lui

Ainda bem que deu tempo... Valeu Kaká!

Um sentimento que toma conta do meu coração nesse momento. Sempre achei que o futebol não passa de uma fonte de renda altamente lucrativa para aqueles que correm atras da bola, e muito mais para aqueles que se escondem atras dela.

Por diversas vezes vi minha Mãe chorar por ver o Brasil ou pelo Corinthias ao ser eliminado e juro que não entendia como aquela Mulher tão admiravel podia cair nessa ladainha, de estar triste com uma derrota, poxa os caras ganharam milhões...

Continuo pensando que o futebol é isso, porem algo mudou minha vida e não foi Jesus, o namorado da Madonna, o que me faz diferente agora é uma coisa chamada COPA DO MUNDO! Isso não é futebol, isso é COPA DO MUNDO! É a reunião de pessoas de todas as cores, tipos, exquizitisses, gente com todo tipo de idioma, mas que quando juntas são capazes de se entenderem como se falassem uma lingua universal!

Assim como minha Mãe, a quem dedico todas as imagens que meus viram nesses 29 dias, não vou falar, nem sequer abrir meus ouvidos as pessoas que distratem todo e qualquer jogador da SELEÇÃO DO MEU PAÍS! Se pudesse estaria no Aeroporto esperando a MINHA SELEÇÃO desembarcar, por que assim como eles eu tambem já perdi, já ganhei, já perdi, já ganhei...

A ultima vez que ganhei foi vindo ate aqui, ainda bem que deu tempo de descobrir porque minha Mãe admiravelmente juntava as mãos faltando 3 minutos para final de um jogo perdido com o olhar fixo na TV acreditando!

E como ela, hoje aos 35 anos, faltando 20 minutos pro final sempre acreditei que seria possivel, faltando 10 ainda acreditava, quando dei por mim estava com as mãos juntas, agarrada a um agasalho verde amarelo de um amigo olhando fixo pra TV... Faltado 3 minutos pro final do jogo... O Gol! Ufa! Ainda bem deu tempo de sentir e entender o coração de milhões de pessoas que como Minha Mãe, tem gratidão por esses Meninos que com certeza não vão esquecer desse dia tão rápido como Eu, você, e o resto do mundo...

Agora na África são 6 da manhã, hora de dormir e amanhã acordar acreditando!

Ergue o braço e apita o juiz. Fim de jogo na África!

Hoje é dia de final, a Copa vai acabar junto com essa experiência unica e impossivel de viver se não fosse a generosidade e confiança do Grupo Bandeirantes. Obrigada por esse presente, estamos (eu e minha mãe) eternamente agradecidas.
Nessa viagem onde tem gente de todo jeito e lugares vivenciei muita coisa, e até mudei alguns conceitos:
Confirmei que os gringos são realmente apaixonados pelos Brasileiros;
Vi que os Colombianos são como os Brasileiros, gente boa pra caramba.
Em qualquer lugar do mundo NUNCA confie em alguem que so pensa em seu proprio bem estar. Confie, se entregue e seja generoso com aquele que mesmo sem entender o que diz, te ajuda prontamente, ou simplesmente devolve um sorriso pra animar seu dia;
Nós somos o povo que mais xingam os juizes nesse mundo, ou melhor a mãe deles, o resto grita um uhhhh, aaahhhhh, hey you man, no maximo um maricon de mierda, mas a gente ta tecnologicamente a frente no item palavrões ofensivos feito para a mãe dos mesmos;
A sua bagagem nunca vai estar de acordo com o lugar que vai pela primeira vez na vida, seja na casa da sua tia na no interior de Minas, seja na África do Sul;
Você vai lembrar da comida da sua mãe, ou da gororoba da fábrica com água na boca;
O 'Jeitinho Brasileiro' não é exclusividade nossa, desculpa desmascarar o cara que inventou essa mentira, existe o jeitinho Africano, o jeitinho Francês, o jeitinho Coreano e por ai vai... Todo mundo tem um jeitinho pra se dar bem passando os outros pra tras;
E a mais importante das lições que aprendi: LONGE DE CASA, mesmo que por 44 dias, TUDO FICA MAIS INTENSO!

Meus amigos se tornaram ainda mais importantes, meu Pai e minha Mãe ainda mais imortais, os 'Meus 3' mais amados; meu trabalho mais perfeito, as palavras de carinho daqueles que so conheco pelo radio, ou pela net ainda mais emocionantes; minha irmã mais necessaria, minha cidade ainda mais gostosa pra se viver, minha casa mais acolhedora, meu amor mais admirável e a vida que levo muito, mas muito mais FELIZ!

Fim da Copa do Mundo de 2010, e não é que quem levou foi mesmo a Espanha? Morou aqui na escola um espanhol queridissimo por todos, o Luis. Um cara tipo 'amigo da galera', deve ter por volta dos seus 30 anos, tem cara de espanhol, cabelo de espanhol, jeito de espanhol... Foi indo devagar nessa copa torcendo jogo a jogo, e chegou na final... Dois dias antes da partida contra a Alemanha, ele se despediu de todos aqui e foi a Pot Elisabeth assistir 'su espanã'.

Confesso que queria muito que a Alemanha ganhasse, afinal, era um favor pela lavada que deram nos Argentinos. Lembro de estar assintindo o jogo com um agasalho da Alemanha quando ouvi alguem dizer: “Ei, tu ta torcendo pra Alemanha? Mas o Luis é Espanhol!” Quando me dei conta todos na escola estavam para Espanha por causa do Luis que nem estava lá (com exceção dos alemães, é claro).

Quando Luis chegou de volta, acabado, mas muito feliz eu fiz, fiz uma brincadeira do tipo: “Aí ganhou a copa hein!”, o espanhol mais querido da Africa respondeu “Ufa!!! Graças a Deus, nunca ganhamos nada, estou acostumado a perder, nenhuma copa, o Barcelona...”

Disse a ele que o Brasil tem muito a aprender, com a Argentina e mesmo com a Espanha, que estamos tao crentes nessa fama de melhor do mundo que não aceitamos a derrota, que sentia vergonha da minha gente, ja que os jogadores do meu pais tiveram que sair escoltados do aeroporto...

Durante o barbecue, a colonia brasileira junto com a colombiana tocava violão quando Luis se aproximou. Na mesma hora, quem estava com o violão começou a tocar uma musica de tourada, aí todos (mas digo TODOS!) que estavam lá separados por mesas e paises acompanharam a tal tourada com palmas enquanto ele dançava e final gritava viva a Espanha!
Galeria de FotosFoto: Shirley Souza / Blog da Shy

Luis estava 30 anos esperando um titulo, e estava feliz por te-lo ganho. Eu estava feliz por estar na copa, e ali vi que não podia mesmo ter traido Luis, essa copa era dele mesmo!
Acho que está faltando alguns 'Luises' mundo... Feliz e humilde. Luis, assim como eu volta para sua terra esse fim de semana. Depois de longos 5 meses ele leva contigo o inglês que veio aprender, histórias, novos amigos e o titulo que ele não veio buscar, mas que com orgulho leva pra casa!



Gostou da matéria direto da África do Sul? Compartilhe!
Comentários