CelebridadesColuna SocialFilmesPais e FilhosBicho Animal
Divulgação

John Carter estreia como maior aposta da Disney

Da Redação, publicado em 09/03/2012.
John Carter, herói da DisneyFoto: Divulgação
O filme "John Carter - Entre Dois Mundos"é a maior aposta dos estúdios da Walt Disney no ano. "John Carter - Entre Dois Mundos" tem direção de Andrew Stanton, o premiado diretor de animações como "Procurando Nemo" e "Wall-E". Mas por que a Disney aposta tanto no herói John Carter? A Disney investiu 250 milhões de dólares para produzir o épico "John Carter - Entre Dois Mundos" com o objetivo de conquistar os jovens nas bilheterias. "É um projeto ousado da Disney, tentando pegar um público jovem e até mais adulto. Efeitos especiais, exibição em 3D, batalhas e cenas de ação devem conquistar os fãs", opinou o crítico Inácio Diaz.

"John Carter - Entre Dois Mundos" conta a história de um oficial do século XIX que vira herói ao cair no planeta Marte. O filme é baseado no livro "A Princess of Mars", de Edgar Rice Burroughs, o mesmo criador da história de Tarzan, o Rei da Selva. Edgar Rice Burroughs escreveu o livro em 1912. A história de John Carter já passou pelas mãos de outros estúdios de Hollywood, como Paramount e Warner, mas a Disney adquiriu os direitos autorais da história no último ano.

Quem interpreta John Carter é o ator canadense Taylor Kitsh, que interpretou Gambit no filme "X-Men: Origens" (2009). Lembra do Gambit de X-Men? Pois ele vive John Carter na nova aposta da Walt Disney, que ganhou comparações com Star Wars - Guerra nas Estrelas e Harry Potter. Além de Taylor Kitsh, do Canadá, o filme tem Lynn Collins, que interpreta a princesa Dejah Thoris. Lynn Collins atuou no filme "O Mercador de Veneza". Ainda estão no elenco Willem Dafoe, Bryan Cranston e Ciarán Hinds.

Mas o que diz a crítica sobre o filme "John Carter - Entre Dois Mundos"? "Taylor convence no papel de herói, o poderoso John Carter. É um filme de muita ação e com ótimos recursos do 3D nas salas de cinema. A questão que fica é se a Disney vai lucrar com a aposta de 2012, ou seja, vamos se se as bilheterias vão corresponder a todo esse investimento. Andrew Stanton estreou em um filme com atores reais, fora de animação, e consegue dar fluidez à trama. É uma ótima ação, mas talvez não seja um fenômeno de bilheterias nos cinemas, e dessa maneira a crítica poderá destacá-lo como um fracasso", concluiu o crítico.


Quer ser o primeiro a saber? Curta OsPaparazzi no Facebook!
Comentários