CelebridadesColuna SocialFilmesPais e FilhosBicho Animal
Divulgação

Abissínio: Raça de gato com pelagem igual do coelho e da lebre

Abissínio: Raça de gato com pelagem igual do coelho e da lebre

Da Redação, publicado em 09/02/2012.
O Abissínio tem sua origem controversa. A teoria que defende o parentesco direto com os gatos do Egito antigo parece ter sido descartada, enquanto a que defende a origem etíope é hoje mais plausível. Abissínia é o antigo nome da Etiópia, daí a denominação dessa raça felina. O ancestral do Abissínio seria então um gato chamado Zula, levado para Inglaterra em 1868 durante uma campanha militar inglesa na África. Para alguns, a característica original de Zula, o ticking, provinha do gato selvagem africano, o Felis Libyca. Sabe-se com certeza que a raça foi estabelecida e aperfeiçoada na Inglaterra. A raça Abissínio foi apresentada em 1871 na exposição do Palácio de Cristal em Londres.

Seus reconhecimentos oficiais alem do canal da Mancha ocorreu em 1882, e os primeiros critérios de julgamento foram estabelecidos em 1889. A carreira norte americana do Abissínio iniciou-se em 1909. Foi reconhecida pela Associação de apreciadores de gatos sediada nos Estados Unidos em 1917 e a partir de 1930 a raça passou por intenso desenvolvimento nos Estados Unidos. Em 1927, a Federação Felina Francesa reconheceu a raça. E na Europa a raça se estagnou durante a Segunda Guerra Mundial retomando ao desenvolvimento somente após a guerra. Atualmente, o Abissínio faz parte das raças de pelo curto mais conhecidas e sua popularidade é cada vez maior tanto na Europa quanto nos Estados Unidos.
A raça de gato Abissínio é muito dócil e fácil de cuidarFoto: Divulgação
O Abissínio se caracteriza pela pelagem parecida com a do coelho a da lebre. Por um período, a raça recebeu o nome de “bunny cat” (gato-coelho) e uma de suas variedades manteve a denominação de “lebre”. Os pelos ticking é uma pelagem fina e cerrada, mas não uma pelagem muito curta o que facilita para observar a famosa característica ticking. Trata-se de faixas pigmentadas alternamente de claro e escuro em cada pelo, com três camadas de faixas. O ticking não existe sobre as partes ventrais, pescoço, abdome e interior das patas. O ticking é uma particularidade da raça que também se encontra na raça Somali e Cingapura, derivados da raça Abissínio.

O Abissínio possui algumas variedades, de acordo com o tiching. São eles:
Abissínio lebre, os de pelagem marrom, as faixas mais escuras do ticking são marrons ou pretas, as faixas claras são de um laranja-escuro.

Abissínio sorrel, o termo inglês sorrel significa "alazão", possui uma pelagem que tende a cor cobre-avermelhado, as partes escuras do ticking são chocolate ou morrom-avermelhado, as partes claras e as ventrais são abricó-escuro.

Abissínio azul são variações criadas no Reino Unido, e ainda pouco difundida, na verdade é uma diluição genérica da variedade lebre. A pelagem é azul acinzentada viva. As zonas escuras do ticking são azul-acinzentado, as áreas claras e as partes ventrais, creme-claro e bege.

Abissínio bege (castanho claro) trata-se de uma diluição da variação sorrel. A pelagem é bege-clara a as áreas escuras do ticking é um creme escuro e vivo.

Abissínio prateado, vermelho e tartaruga a cor prata existia nos primeiros abissínios, isso confirma um campeão inglês nascido em 1905, mas esse gene foi perdido e inserido novamente a partir do cruzamento com gatos do tipo oriental, surgindo assim o vermelho e o tartaruga.

O comportamento do Abissínio consistem em um nível de energia alto, são ativos e muito afetuosos. Tem um miado discreto e a fertilidade da raça é menos pronunciada do que a média, com apenas três gatinhos por ninhada. Ao nascerem não da para perceber o ticking, demora um pouco a aparecer, somente a partir da sexta semana, e a cor definitiva apenas se consolida por volta de um ano, podendo chegar a um ano e meio. O Abissínio tem um temperamento muito forte, a raça se apresenta independente, porem sociável, brincalhão, curioso e bem equilibrado. Não gostam de solidão e são facilmente treinados por seu dono.

Eles possuem longevidade de até 20 anos e podem pesar cerca de 7,5 quilos. Os abissínios são gatos tímidos e seu miado se assemelha com um sino por ser baixo. Sua excelente memória os tornam representantes de uma das raças mais inteligentes. Uma curiosidade é que eles gostam muito de água, chegam até a nadar. Costumam a viver muito bem com cães. E os machos assumem as tarefas com os filhotes quando as mães se ausentam. Quanto aos cuidados com higiene, o Abissínio precisa de escovação com luva e banhos regulares. Atualmente, no Brasil existem poucos criadores da raça e um filhote de Abissínio custa em média R$ 3 mil.


Curta Bicho Animal e receba noticias de gatos e outros bichinhos
Comentários