Foto de Bull Terrier

Divulgação

Bull Terrier é um cachorro valente e ágil, considerado gladiador

Bull Terrier é um cachorro valente e ágil, considerado gladiador

A origem do Bull Terrier vem do cruzamento de Bulldogcom um terrier branco na Grã-Bretanha. O primeiro clube da raça Bull Terrier surgiu em 1887 e, no ano seguinte, foi publicado o primeiro standard da raça. Em 1895, o Bull Terrier é reconhecido pelo Kennel Club americano. No início do século XX, houve o cruzamento do Bull Terrier com um Staffordshire Bull Terrier mas, só em 1936, é que foi reconhecida pelo Kennel Club americano como uma variedade distinta. Também existe outra variedade, o Bull Terrier Miniatura. Esta variedade foi reconhecida pelo Kennel Club britânico em 1939. A raça Bull Terrier, atualmente é muito prestigiada, sendo representada por clubes no mundo todo.

O Bull Terrier possui temperamento equilibrado, um tanto agressivo e territorialista, não gosta que nenhum outro animal chegue perto do seu espaço ou do seu dono, isso não significa que não podem se acostumar com outro animal, mas terá um pouco de dificuldade. Mesmo assim eles são amigáveis e possuem grande senso de humor.

O cachorro Bull Terrier pode ser muito disciplinado se for bem ensinado, pois possuem disposição e inteligência para isso, mas os donos precisam ser firmes, pois o Bull Terrier pode apresentar um pouco de teimosia. São cães muito afetuosos e adoram companhia por isso não é uma boa idéia deixá-los sozinhos por longos períodos de tempo como com suas mandíbulas fortes que podem causar muitos danos se entediado. Uma característica forte do Bull Terrier é sua ligação profunda com o dono. Tal característica, torna o animal um verdadeiro cão de guarda. É interessante adestrá-lo logo quando pequeno, principalmente em casas com crianças.
Foto de Bull Terrier

Bull Terrier é uma raça de cachorro muito corajosa e valente

Foto: Divulgação

Esses cães possuem estrutura física bem forte, musculosa e equilibrada. Uma característica única do Bull Terrier é sua cana nasal descendente e a cabeça em forma de ovo. Independente do tamanho, os machos devem parecer masculinos e as fêmeas femininas. O Bull Terrier é conhecido como o gladiador das raças caninas e por ser corajoso.

Algumas características, segundo o padrão oficial do Bull Terrier são: cabeça longa, forte até o final do focinho, jamais grosseira. A região do topo do crânio é quase plano de orelha a orelha. A trufa deve ser preta, bem inclinada para baixo na ponta. A mandíbula deve ser profunda e forte. Os olhos de aparência estreita, triangular, bem profundos nas cores preto ou marrom de expressão penetrante. Olhos azuis ou parcialmente azuis são indesejáveis. As orelhas são pequenas, finas e colocadas próximas. O cão deve portá-las rigidamente eretas. A cauda deve ser curta, inserida baixa e portada horizontalmente. Grossa na raiz afinando para a ponta.

A pelagem do cão Bull Terrier é curta, densa e áspera ao toque e brilhante. O subpêlo pode estar presente no inverno. A cor da pelagem no Bull Terrier branco deve ser pura. Nos coloridos, a cor predomina sobre o branco. O Bull Terrier tigrado é preferido. Tigrado escuro, vermelho, fulvo e tricolor são aceitáveis. Pequenas marcas na pelagem branca são indesejáveis.

Manchas azuis e fígados são altamente indesejáveis. Quanto ao tamanho não há limites para a altura e o peso, mas o cão deve dar a impressão de máxima substância para seu tamanho, em coerência com as suas qualidades e sexo. No Bull Terrier Miniatura a única exceção é o tamanho, sua altura não pode passar de 35,5 cm.

A raça Bull Terrier não costuma apresentar problemas graves de saúde, apenas possuem tendência a desenvolver alergias e doenças de pele. O ambiente em que eles vivem, assim como eles devem permanecer sempre limpos evitando moscas ou mosquitos, pois uma picada pode causar coceira de desencadear uma alergia. Outro problema particular do Bull Terrier é a surdez, de um ou ambos ouvidos. Durante muito tempo este problema foi atribuído à coloração branca, e até em função disso, foram permitidos os exemplares coloridos.

Os cuidados com o Bull Terrier não requer tantos esforços, apenas escovação da pelagem semanalmente e banhos uma vez a cada mês. Em relação aos exercícios físicos, o Bull Terrier necessita de uma quantidade razoável, conforme vão ficando mais velhos essa quantidade deve ser reduzida, mas nunca deixa-los sem praticar, pois essa raça ganha sobrepeso facilmente. A alimentação do cachorro Bull Terrier deve ser equilibrada, a ração canina é o ideal. Ossos para brincadeiras também são recomendados, assim eles gastam energia, e o dono terá um cão saudável e feliz.

O Bull Terrier vive em média de 10 a 14 anos, porem já foi registrado 17 anos em um cão dessa raça. Esses cães são indicados para pessoas que já tiveram outros cachorros e antes de comprar um cão Bull Terrier é importante conhecer a personalidade da raça, saber se enquadra com o tipo de cão que o dono procura. É fundamental comprar em um canil confiável, um filhote de Bull Terrier pode custar de R$ 600,00 até R$ 4 mil. Muitos fatores podem predominar no valor do cão, por isso procure um bom criador e exija um Bull Terrier com pedigree.

Curta Bicho Animal e receba noticias de cães e outros bichinhos
Comentários
Veja Mais
Cachorro American Pit Bull é uma raça valente e corajosa
Cachorro American Pit Bull é uma raça valente e corajosa
Cachorro American Pit Bull é uma raça valente e corajosa
Cachorros
Lhasa é o cachorro do Cebolinha, famoso Floquinho, só que verde; Conheça as características do  Lhasa Apso
Conheça a raça de cachorro Lhasa Apso
Lhasa é o cachorro do Cebolinha, famoso Floquinho, só que verde; Conheça as características do Lhasa Apso
Cachorros